sicnot

Perfil

Dérbi com todos

Dérbi com todos

Dérbi com todos

Vitória inverteu tendência com leões mas continua com nota negativa

Steven Governo

O treinador Rui Vitória inverteu a tendência negativa frente ao Sporting nos dois últimos confrontos, embora mantenha um saldo desfavorável nos embates com o adversário da 30.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

O técnico ribatejano de 47 anos encontrou o Sporting em 19 ocasiões, ao serviço de Fátima (dois jogos), Paços de Ferreira (três), Vitória de Guimarães (nove) e Benfica (cinco), somando seis triunfos, 11 derrotas e dois empates.

No entanto, os dois últimos encontros sorriram a Rui Vitória, que venceu o primeiro dérbi da atual edição da I Liga por 2-1, no Estádio da Luz, oito meses depois de também ter triunfado em Alvalade, com um golo solitário de Mitroglou (1-0), que deixou as águias em posição privilegiada para conquistarem o tricampeonato.

Este jogo, realizado em 5 de março, colocou ponto final a uma série de cinco derrotas consecutivas do técnico diante dos leões, três ao serviço do Benfica (em 2015/16) e duas pelo Vitória de Guimarães (2014/15).

De resto, na última temporada ao comando dos vitorianos, Rui Vitória conseguiu triunfar na primeira volta do campeonato, com Bouba Saré, Maurício (na própria baliza) e André André a garantirem o triunfo no Minho, por 3-0, naquele que foi o primeiro desaire sportinguista na I Liga daquela época.

7 de novembro de 2013, Rui Vitória ao serviço do Vitória de Guimarães

7 de novembro de 2013, Rui Vitória ao serviço do Vitória de Guimarães

Paulo Duarte

Este seria o primeiro dos três embates que tiveram lugar em 2014/15, sendo que, nos dois seguintes, o Sporting, então comandado por Marco Silva, venceu para a fase de grupos da Taça da Liga (2-0) e na segunda volta do campeonato (4-1).

Por outro lado, o primeiro embate de Rui Vitória com o Sporting ocorreu em 2007/08, na primeira edição da Taça da Liga, quando o técnico orientava o Fátima, da II Liga. Depois de ter eliminado o FC Porto na prova, o Fátima cruzou-se com os verde e brancos e venceu a primeira mão da quarta eliminatória por 2-1, no emprestado Estádio do Restelo, mas acabaria por ser eliminado, devido à derrota por 3-2, no segundo jogo.

O reencontro de Rui Vitória com o Sporting só voltaria a acontecer três anos mais tarde, em 2010/11, já com o técnico ao comando do primodivisionário Paços de Ferreira, que, logo na primeira jornada do campeonato, recebeu e venceu o conjunto leonino pela margem mínima (1-0), com um golo do venezuelano Mario Rondón.

De resto, o mesmo viria a suceder no jogo da segunda volta, desta feita com uma vitória pacense por 3-2. Entre estas duas partidas da I Liga, o Sporting eliminou os castores da Taça de Portugal (1-0).

Na temporada seguinte (2011/12), Rui Vitória assumiu o comando do Vitória de Guimarães e as duas partidas com o Sporting saldaram-se em duas derrotas no campeonato (1-0 e 5-0), antes de duas igualdades registadas em 2012/13 (0-0 e 1-1).

Em 2013/14, os leões voltaram a superiorizar-se à equipa comandada pelo técnico, vencendo os dois jogos da I Liga, primeiro em Guimarães e, depois, em Alvalade, ambos pela margem mínima (1-0).

Lusa

  • Corpos de portuguesas trasladados segunda-feira 
    1:27
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • Estado vai tomar posse de terras abandonadas

    País

    O Governo vai recorrer ao Código Civil para permitir que o Estado tome posse de terras ao abandono. À margem da entrevista ao Expresso, o primeiro-ministro anunciou que o Governo irá acionar o artigo 1345º do Código Civil, que estabelece que as coisas imóveis sem dono conhecido se consideram do património do Estado.

  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22