sicnot

Perfil

Descarrilamento na Galiza

Descarrilamento na Galiza

Descarrilamento na Galiza

Renfe e ADIF no Parlamento espanhol para prestar esclarecimentos

© Reuters

Os presidentes da Renfe (comboios espanhóis) e da ADIF (infraestruturas ferroviárias espanholas) deverão comparecer no Parlamento, em Madrid, para informar os deputados do acidente ocorrido na sexta-feira em O Porriño (Pontevedra), Galiza, onde morreram quatro pessoas.

"Hoje mesmo estamos a ver a possibilidade de solicitar a comparência dos presidentes da ADIF e RENFE na Comissão de Fomento do Congresso dos Deputados, para que possam informar com todo o detalhe", revelou o ministro do Fomento e Justiça em funções, Rafael Catalá, em declarações à Rádio Nacional de Espanha, citado pela EFE.

Quatro pessoas morreram, entre os quais o maquinista português, no descarrilamento de comboio em O Porriño na última sexta-feira.

O comboio, com 63 passageiros, fazia o trajeto Vigo-Porto partilhado entre a CP (Comboios de Portugal) e a RENFE na linha conhecida com o nome "Celta", inaugurada em 2011.

Rafael Catalá precisou que os serviços jurídicos do seu ministério e do parlamento estão a avaliar qual será o melhor momento para a ida ao Congresso dos Deputados, "mas em todo o caso com caráter de urgência".

"Comprometi-me para que haja a máxima transparência e estamos a informar permanentemente os grupos parlamentares da evolução da situação e assim vamos continuar nas próximas semanas", assegurou o ministro.

Rafael Catalá estima que "se alguém pretende com um acidente em que houve a perda de vidas humanas e muitos feridos fazer política seria bastante rasteiro e impróprio".

Espanha vive há oito meses com um governo de gestão, sem que os partidos políticos consigam formar um novo executivo.

Entretanto, a Galiza e o País Basco vão realizar eleições para os parlamentos regionais e há uma grande confrontação política, com declarações muito vivas sobre todos os assuntos de atualidade.

Segundo o governo regional da Galiza, nove de um total de meia centena de feridos no acidente de comboio ainda estavam no domingo a receber cuidados médicos em unidades hospitalares.

A Comissão de Investigação de Acidentes Ferroviários (CIAF) de Espanha está a investigar o acidente, nomeadamente a caixa negra do comboio.

A circulação na linha onde na sexta-feira descarrilou o comboio foi restabelecida no sábado e os destroços deverão ser removidos na terça-feira.

Lusa

  • "Burlão do amor" acusado de tirar 450 mil euros a amante
    2:21

    País

    Um homem com cerca de 50 anos é acusado de tirar 450 mil euros a uma mulher com quem começou por ter uma relação profissional. Ele pedia, ela emprestava. Anos depois, ela ficou insolvente, com dívidas à banca de 214 mil euros e sem emprego. O homem é arguido, nega a relação amorosa entre ambos, mas admite ter recebido dinheiro dela. Garante, no entanto, que tenciona pagar o que deve.

  • Porto Editora acusada de discriminação
    2:55
  • Duas pessoas alvejadas devido a disputa de linha de água em Cabeceiras de Basto
    1:23

    País

    Duas pessoas foram alvejadas por causa de uma disputa de uma linha de água, esta terça-feira, em Cabeceiras de Basto. O suspeito escondeu-se num barracão, mas acabou por ser detido pela GNR. As vítimas sofreram ferimentos ligeiros no braço e no peito. O tenente André Rodrigues, do Comando de Braga, revelou que os disparos foram feitos com uma caçadeira.

  • Governo quer entregar OE 2018 a 13 de outubro
    1:33
  • Casa Branca isolada devido a pacote suspeito

    Mundo

    A Casa Branca foi esta terça-feira isolada devido à presença de um pacote suspeito junto a uma das vedações que limitam o edifício governamental norte-americano. A situação já foi normalizada e o objeto retirado do local.

  • Três irmãos resgatados dos escombros em Itália
    1:24
  • Participante no incidente em Charlottesville teme pela vida
    1:43

    Mundo

    Um dos participantes nos incidentes em Charlottesville e membro de um grupo de extrema-direita supremacista teme vir a ser detido ou até morto, pelas declarações que fez durante uma reportagem da Vice News, que se tornou viral nas redes sociais.