Última Edição

0
0:08

Última Edição

1
2:01

Milhares de pessoas esperadas na manifestação contra cortes nos colégios privados

2
1:10

Marcelo vai dizer a Merkel que é injusto castigar Portugal por não ter cumprido défice

3
1:06

Mais de 700 migrantes terão morrido no Mediterrâneo esta semana revela ONU

4
1:28

Libertado suspeito de violação de jovem de 16 anos no Brasil

5
2:52

Madrid em festa com a vitória do Real

6
1:07

Gorila abatido depois de rapaz de 4 anos ter caído no interior da jaula

7
1:53

Mais de 40 pessoas atingidas por raios na Polónia, França e Alemanha

8
2:22

Malas de viagem para ajudar escola em Angola

9
3:09

Concerto de homenagem a BB King em Sabrosa

Mais Especiais:

A primeira epidemia de Ébola na África Ocidental. A doença pode ter uma taxa de mortalidade de 90%

14:24 19.08.2014

Os 17 doentes com Ébola que fugiram foram todos encontrados

REUTERS

Dezassete doentes com Ébola que fugiram de  um centro de isolamento em Monróvia, quando este foi atacado, no fim de  semana, foram encontrados, afirmou hoje o ministro de Informação liberiano,  Lewis Brown.  

"Os 17 pacientes que fugiram do centro para doentes de Ébola foram todos  encontrados. Dirigiram-se a pé, por eles próprios, para o hospital JFK",  o principal estabelecimento do país, declarou o governante à agência France  Presse.  

Na noite de sábado, homens armados com bastões e facas atacaram e pilharam  o centro de isolamento na capital da Libéria, levando à fuga dos 17 doentes  internados.   

Brown disse ainda que seis profissionais de saúde liberianos infetados  com a febre hemorrágica estão a reagir positivamente ao soro experimental  norte-americano.  

A Libéria recebeu a 13 de agosto doses do soro experimental ZMapp, que  teve resultados positivos em dois norte-americanos contaminados, embora  não tenha permitido salvar um padre espanhol, que morreu a 12 de agosto.

Face à amplitude da epidemia, um comité de peritos convidado pela Organização  Mundial de Saúde (OMS) considerou "ético" permitir que medicamentos cuja  eficácia e efeitos secundários não estão medidos sejam utilizados "como  tratamento potencial ou medida preventiva". 

A Libéria é o país onde a epidemia do vírus Ébola já provocou o maior  número de mortos, 466 em 1.229 mortes registadas, segundo o último balanço  da OMS. 

 

Lusa

Comentários

ATENÇÃO:ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.
Publicidade

Agora

Inquérito

Facebook

Mais Populares

CT: NEWS
16:28
Portugal pode perder 300ME em exportações com 'Brexit revela estudo
16:28
19 refugiados resgatados no Canal da Mancha ao largo da costa britânica
16:27
Warriors vence em Oklahoma City e forçam sétimo jogo
16:27
Iranianos não vão a Meca este ano e acusa a Arábia Saudita, diz Irão
16:26
10 mortos no Bangladesh em atos de violença nas eleições locais
16:26
Caixas negras do voo da Egypt Air começam a ser procuradas em 12 dias
16:26
Terremoto perto de Argel provoca duas dezenas de feridos
16:23
Vicenzo Nibali alcança segunda vitória na volta a itália em bicicleta
16:23
Pelo menos 35 membros do Estado Islâmico mortos em ataque no Iraque
16:22
Porto de Lisboa está prisioneiro dos estivadores, diz Assunção Cristas
X

Sabia que o seu Internet Explorer está desatualizado?

Para usufruir da melhor experiência de navegação na nossa página web recomendamos que atualize para uma nova versão. Por favor faça a atualização aqui .