sicnot

Perfil

Ébola

Ébola

Ébola

Os 17 doentes com Ébola que fugiram foram todos encontrados

Dezassete doentes com Ébola que fugiram de  um centro de isolamento em Monróvia, quando este foi atacado, no fim de  semana, foram encontrados, afirmou hoje o ministro de Informação liberiano,  Lewis Brown.  

© Noor Khamis / Reuters

"Os 17 pacientes que fugiram do centro para doentes de Ébola foram todos  encontrados. Dirigiram-se a pé, por eles próprios, para o hospital JFK",  o principal estabelecimento do país, declarou o governante à agência France  Presse.  

Na noite de sábado, homens armados com bastões e facas atacaram e pilharam  o centro de isolamento na capital da Libéria, levando à fuga dos 17 doentes  internados.   

Brown disse ainda que seis profissionais de saúde liberianos infetados  com a febre hemorrágica estão a reagir positivamente ao soro experimental  norte-americano.  

A Libéria recebeu a 13 de agosto doses do soro experimental ZMapp, que  teve resultados positivos em dois norte-americanos contaminados, embora  não tenha permitido salvar um padre espanhol, que morreu a 12 de agosto.

Face à amplitude da epidemia, um comité de peritos convidado pela Organização  Mundial de Saúde (OMS) considerou "ético" permitir que medicamentos cuja  eficácia e efeitos secundários não estão medidos sejam utilizados "como  tratamento potencial ou medida preventiva". 

A Libéria é o país onde a epidemia do vírus Ébola já provocou o maior  número de mortos, 466 em 1.229 mortes registadas, segundo o último balanço  da OMS. 

 

Lusa

  • Ébola já fez 1229 mortos

    Ébola

    A epidemia de Ébola causou a morte de 1229 pessoas desde que foi declarada, em março deste ano, indicou hoje a Organização Mundial de Saúde (OMS). A morte de 84 pessoas em apenas três dias mostra a forte progressão da doença apesar dos esforços internacionais em travá-la.

  • Menino perdido na Praia da Luz foi levado à GNR por turista
    1:11

    País

    Um menino inglês, de sete anos, esteve desaparecido na quinta-feira na Praia da Luz, no Algarve, depois de se ter perdido dos pais. A GNR colocou duas equipas de investigação no local, mas ao fim de uma hora e meia o rapaz apareceu na esquadra de Lagos acompanhado por um turista a quem terá pedido ajuda.

  • Mais viagens mas menos turistas de Portugal
    1:22

    País

    Os residentes em Portugal - sejam portugueses ou estrangeiros - realizaram quatro milhões de viagens turísticas, só no primeiro trimestre do ano. Um aumento de mais de 6% nas viagens dentro do país face ao período homólogo e de mais de 15% nas viagens para fora, de avião. O estudo é do INE, o Instituto Nacional de Estatística, que permite fazer o retrato mais claro de quem viaja e porquê.

  • Algarve sozinho gera metade dos bens transacionáveis em Portugal
    4:14

    SIC 25 Anos

    O Algarve quase não tem indústria e os especialistas consideram que é excessivamente dependente do turismo. Ainda assim, sozinho contribui com metade do que Portugal gera em bens transacionáveis. A região tem problemas graves, como a falta de médicos e um custo de vida muito alto, mas continua a atrair a maior parte dos turistas e muitos estrangeiros decidem mesmo escolher a região para viver.

  • Sol e bom tempo são pilares da economia algarvia
    3:21

    SIC 25 Anos

    Na capital da região algarvia, o ouro vem do céu. O sol brilha em média 300 dias por ano, o que faz do Algarve o maior destino de férias em Portugal e um dos destinos turísticos mais procurados da Europa, sobretudo nos últimos tempos. É a âncara da economia e da criação de emprego.