sicnot

Perfil

Ébola

Ébola

Ébola

Ébola contaminou mais de 26 mil pessoas, das quais morreram 10.823

O vírus Ébola contaminou mais de 26 mil pessoas desde o início da epidemia, há 16 meses, das quais 10.823 morreram, informou a Organização Mundial de Saúde (OMS) na quarta-feira.

No total, a doença foi contraída por 26.079 pessoas nos últimos 16 meses, as quais morreram 10.823, na sua quase totalidade na Guiné-Conacri, Libéria e Serra Leoa, os três países mais afetados pela epidemia na África Ocidental. (Arquivo)

No total, a doença foi contraída por 26.079 pessoas nos últimos 16 meses, as quais morreram 10.823, na sua quase totalidade na Guiné-Conacri, Libéria e Serra Leoa, os três países mais afetados pela epidemia na África Ocidental. (Arquivo)

© Reuters Staff / Reuters

A OMS sublinhou também que a redução do número de casos confirmados parecia ter estagnado e apelou a mais esforços para interromper definitivamente a transmissão do vírus. 

No total, a doença foi contraída por 26.079 pessoas nos últimos 16 meses, as quais morreram 10.823, na sua quase totalidade na Guiné-Conacri, Libéria e Serra Leoa, os três países mais afetados pela epidemia na África Ocidental. 

Na semana anterior a 19 de abril, foram confirmados 33 novos casos, 21 na Guiné-Conacri e 12 na Serra Leoa.

Na semana precedente tinham sido confirmados 37 novos casos, contra 30 na anterior. 

"A descida no número de casos confirmados foi interrompida nas últimas três semanas", destacou a OMNS, no seu último balanço.

"Para acelerar o declínio da epidemia e atingir zero casos, vai ser preciso um empenho mais firme da comunidade internacional, melhorar a investigação dos contactos e a despistagem precoce", acrescentou a organização. 
Lusa
  • A Verdade sobre a Mentira
    35:13
  • Elemento dos Super Dragões com medida de coação mais gravosa
    1:37

    Desporto

    Os seis arguidos da Operação Jogo Duplo, que investiga crimes de corrupção e viciação de resultados na II Liga de futebol, saíram em liberdade. A medida de coação mais gravosa é para um membro da claque Super Dragões, que terá de pagar uma caução de 5 mil euros.

  • "A Venezuela sofreu um Madurazo"
    0:32
  • "Leiam os meus lábios. Não!"
    0:12

    Mundo

    Vladimir Putin participou esta quinta-feira numa conferência, no Ártico. Questionado sobre se a Rússia tinha interferido nas últimas eleições dos Estados Unidos da América, o Presidente voltou a negar qualquer interferência, com uma frase que pensava pertencer a Ronald Reagan, mas que na verdade foi proferida por George Bush.

  • A provocação de Juncker a Trump
    0:40

    Mundo

    Jean-Claude Juncker lançou esta quinta-feira uma provocação a Donald Trump. No último dia do congresso do PPE, o presidente da Comissão Europeia disse que, se Trump incentivar outros países a sair da União Europeia, ele próprio vai apoiar a independência do Ohio e do Texas