sicnot

Perfil

Ébola

Ébola

Ébola

OMS confirma novo caso de Ébola na Libéria

A Organização Mundial de Saúde anunciou hoje existir um novo caso confirmado de infeção do vírus do Ébola na Libéria, que tinha sido declarada livre da doença em setembro.

© Baz Ratner / Reuters

"Há um novo caso confirmado", disse o porta-voz da OMS Tarik Jasarevic à agência noticiosa francesa AFP, sem mais pormenores.

No início de setembro passado, a OMS anunciou que a Libéria estava livre do vírus do Ébola pela segunda vez. Em maio, a OMS tinha feito um anúncio idêntico, mas o vírus altamente mortal ressurgiu no país seis semanas mais tarde.

A OMS declara um país livre de Ébola 42 dias -- duas vezes a duração máxima do período de incubação -- após o último caso conhecido da febre hemorrágica.

A 07 de novembro, a OMS declarou a Serra Leoa livre da transmissão do vírus do Ébola.

Na Serra Leoa, foram infetadas com o vírus 14.089 pessoas, das quais 3.955 morreram.

A Guiné-Conacri ainda não foi declarada livre da transmissão do vírus, mas não regista qualquer caso da doença desde dia 08 deste mês, de acordo com o 'site' da OMS.

A epidemia de Ébola que afetou a África Ocidental é a mais grave desde a identificação do vírus, em 1976. Desde o final de 2013 causou cerca de 11.300 mortos entre um pouco mais de 28.000 infetados, na sua quase totalidade na Guiné-Conacri, Serra Leoa e Libéria, segundo a OMS.

  • Três irmãos resgatados dos escombros em Itália
    1:24
  • Porto Editora acusada de discriminação
    2:55
  • Graça Fonseca, a primeira governante a assumir-se homossexual
    1:02

    País

    A secretária de Estado da Modernização Administrativa deu uma entrevista ao Diário de Notícias onde assume a sua homossexualidade. É a primeira vez que um governante português o faz. Graça Fonseca assume esta posição pública como uma "afirmação política".

  • Governo quer entregar OE 2018 a 13 de outubro
    1:33
  • Casa Branca isolada devido a pacote suspeito

    Mundo

    A Casa Branca foi esta terça-feira isolada devido à presença de um pacote suspeito junto a uma das vedações que limitam o edifício governamental norte-americano. A situação já foi normalizada e o objeto retirado do local.