sicnot

Perfil

Ébola

Ébola

Ébola

OMS confirma novo caso de Ébola na Libéria

A Organização Mundial de Saúde anunciou hoje existir um novo caso confirmado de infeção do vírus do Ébola na Libéria, que tinha sido declarada livre da doença em setembro.

© Baz Ratner / Reuters

"Há um novo caso confirmado", disse o porta-voz da OMS Tarik Jasarevic à agência noticiosa francesa AFP, sem mais pormenores.

No início de setembro passado, a OMS anunciou que a Libéria estava livre do vírus do Ébola pela segunda vez. Em maio, a OMS tinha feito um anúncio idêntico, mas o vírus altamente mortal ressurgiu no país seis semanas mais tarde.

A OMS declara um país livre de Ébola 42 dias -- duas vezes a duração máxima do período de incubação -- após o último caso conhecido da febre hemorrágica.

A 07 de novembro, a OMS declarou a Serra Leoa livre da transmissão do vírus do Ébola.

Na Serra Leoa, foram infetadas com o vírus 14.089 pessoas, das quais 3.955 morreram.

A Guiné-Conacri ainda não foi declarada livre da transmissão do vírus, mas não regista qualquer caso da doença desde dia 08 deste mês, de acordo com o 'site' da OMS.

A epidemia de Ébola que afetou a África Ocidental é a mais grave desde a identificação do vírus, em 1976. Desde o final de 2013 causou cerca de 11.300 mortos entre um pouco mais de 28.000 infetados, na sua quase totalidade na Guiné-Conacri, Serra Leoa e Libéria, segundo a OMS.

  • O perfil do homicida de Barcelos
    2:42

    País

    Adelino Gomes Briote já tinha sido condenado por ofensas à integridade física da sogra e de uma filha. Em seis meses esta foi a segunda vez que o homem acusado do quádruplo homicídio em Barcelos esteve perante a justiça.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.

  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.

  • Guerra na Síria não dá tréguas
    1:51

    Mundo

    Na Síria e ao mesmo tempo que decorrem novas negociações de paz, a guerra não dá tréguas. As imagens mostram o resultados dos últimos raides aéreos nos subúrbios de Damasco. O balanço provisório é de mais de 30 mortos e pelo menos 50 feridos.