sicnot

Perfil

Ébola

Ébola

Ébola

Cocktail com anticorpos protegeu macacos do vírus Ébola

Um cocktail com dois anticorpos baseado numa terapia experimental para o Ébola protegeu completamente macacos da infeção letal, revela um novo estudo hoje publicado.

© Thomas Peter / Reuters

Em causa esteve a utilização de apenas dois anticorpos monoclonais em vez dos três usados na formulação original da terapia, produzidos em células de mamífero e não em células de plantas, o que permitiu melhorar a segurança, simplificar a produção e acelerar a aprovação da terapia, dizem os cientistas, cujo estudo foi publicado na revista Science Translational Medicine.

A epidemia de Ébola na África ocidental é a maior da doença desde que há registos, o que torna urgente a criação de medicamentos e vacinas para aquela infeção.

O estudo partiu de ensaios clínicos, em curso na África ocidental, para o medicamento ZMapp, uma combinação de três anticorpos produzida em células de plantas.

O medicamento foi administrado, ao abrigo de um programa de uso compassivo, a trabalhadores humanitários estrangeiros infetados com o Ébola na África ocidental. Alguns dos pacientes sobreviveram à infeção.

A equipa do cientista Xiangguo Qiu, da Universidade de Manitoba, no Canadá, desenvolveu uma formulação do ZMapp que usou dois dos três anticorpos, produzidos em células modificadas de ovários de hamsters chinesas.

Depois, os investigadores manipularam os anticorpos para melhor refletirem os anticorpos humanos.

Numa experiência com macacos, o cocktail com dois anticorpos protegeu todos os três animais três dias após a infeção com a estirpe Makona do vírus Ébola, responsável pelo surto atual.

Em contraste, uma formulação semelhante de ZMapp produzida em células de plantas apenas protegeu dois dos macacos.

"Tanto quanto sabemos, este é o primeiro estudo a demonstrar que um cocktail com dois anticorpos pode conferir uma proteção de 100% em primatas não humanos infetados com o vírus do Ébola", escrevem os autores do estudo.

A epidemia de Ébola na África Ocidental afetou 28.637 pessoas e vitimou mortalmente 11.315 delas.

Iniciada em dezembro de 2013 na Guiné-Conacri, a epidemia propagou-se depois aos vizinhos Libéria e Serra Leoa, três países que concentraram 99% dos casos, bem como à Nigéria e Mali.

A Libéria foi o primeiro país a ser declarado "livre da transmissão" de Ébola, em maio de 2015, enquanto na Serra Leoa tal aconteceu a 07 de novembro desse ano. Na Guiné-Conacri igual anúncio foi feito a 29 de dezembro.

Lusa

  • Encontrado corpo da criança que desapareceu na praia de São Torpes
    0:55

    País

    O corpo da criança que tinha desaparecido na praia São Torpes, concelho de Sines, foi encontrado esta manhã fora de água, nas rochas, a 1,5 quilómetros do sítio onde tinha desaparecido, no passado dia 21. O alerta foi dado por um popular à Polícia Marítima, cerca das 8h00.

  • Não há aumentos salariais no Estado para o ano
    1:18

    Economia

    O ministro das Finanças confirma a alteração dos escalões de IRS em 2018. É uma das medidas prioritárias para o próximo ano, a par do descongelamento das carreiras na função pública. Numa entrevista à Antena 1, Mário Centeno admite que não vai haver aumentos salariais no Estado no próximo ano

  • Obrigada a vir dos EUA, de 3 em 3 semanas, para ver o filho
    2:00
  • Marcelo diz que Europa não deve contar com benevolência dos aliados 
    1:19

    País

    O Presidente da República concorda com Angela Merkel, que este domingo defendeu que a Europa já não pode confiar a 100% nos países aliados. Numa conferência sobre o futuro da Europa, Marcelo Rebelo de Sousa defendeu que a União Europeia tem de assumir responsabilidades e protagonismo e não pode contar com a iniciativa e a benevolência dos aliados.

  • Novos casos de tuberculose caíram para metade

    País

    Portugal reduziu para metade o número de novos casos de tuberculose entre 2000 e 2016, segundo um relatório hoje divulgado, que mostra que, no ano passado, a taxa de incidência da doença foi de 18 por 100 mil habitantes.

  • Merkel sugere que a Europa já não pode contar com aliados como os EUA
    1:45

    Mundo

    Depois das cimeiras do G7 e da NATO,e sem nunca mencionar Donald Trump, a chanceler alemã diz que é tempo de cada país tomar conta do próprio destino. As declarações de Angela Merkel foram feitas em Munique numa ação de campanha da CDU e evidenciam incómodo em relação às posições manifestadas pelos EUA.

  • Bombeiro alvejado durante assalto em Buenos Aires
    1:07

    Mundo

    A polícia argentina está a investigar o assalto e a agressão a tiro a um bombeiro em Buenos Aires. O homem de 30 anos foi atacado por três jovens, o momento foi captado pelas câmaras de videovigilância. As imagens mostram o exato momento em que o bombeiro foi atacado pelo grupo, perto de um quiosque de alimentação automático. De acordo com as informações disponíveis, a vítima terá sido alvejada seis vezes.