sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Amã substitui farda de trabalhadores da limpeza por recordarem reféns do Estado Islâmico

A cidade de Amã decidiu alterar a cor dos uniformes dos trabalhadores dos serviços de limpeza por recordarem os detidos na posse do grupo Estado Islâmico (EI) que surgem com uma fato-macaco cor de laranja, como o piloto jordano queimado vivo pelos 'jihadistas'. 

© Reuters TV / Reuters

"A partir de 20 de março, o novo uniforme dos trabalhadores dos serviços de higiene será de cor turquesa", indicaram em comunicado responsável da câmara municipal da capital da Jordânia. 

Esta decisão foi tomada em resposta aos insistentes pedidos "dos habitantes e também do irmão do mártir Maaz al-Kassasbeh [o piloto jordano executado pelo EI], porque a cor laranja era associada às práticas terroristas do Daech [um acrónimo do EI em árabe] ".

Segundo o comunicado, a cor turquesa foi escolhida após uma sondagem à população na página da cidade colocada na internet e através das redes sociais, em que eram sugeridas oito cores. A cor selecionada foi associada a esta trabalho específico, às condições climáticas e à segurança pública. 

Os serviços de limpeza contam com mais de 6.000 funcionários em Amã, referiram ainda os responsáveis da cidade. 

O EI, que controla diversas regiões do Iraque e da Síria, difundiu diversos registos vídeo que demonstram a decapitação de reféns onde os "condenados" envergam um fato-macaco laranja que recorda os prisioneiros de Guantánamo. 


Lusa
  • Principais factos da acusação no caso BPN dados como provados

    País

    O coletivo de juízes responsável pelo julgamento do processo principal do caso BPN interrompeu perto das 13:00 a leitura do acórdão iniciada pelas 10:30. Os principais factos da acusação são dados como provados, mas a leitura deverá demorar algumas horas.

  • Greve na Função Pública vai afetar escolas, saúde e cultura

    País

    A greve nacional convocada para sexta-feira pela Federação Nacional dos Sindicatos da Função Pública (FNSTFPS) deverá afetar as escolas, a área da saúde e ainda da cultura, entre outros serviços, afirmou esta quarta-feira a dirigente sindical, Ana Avoila.

  • Papa pede a Trump para ser pacificador
    1:12
  • Supremo confirma condenação de Messi por fraude fiscal

    Desporto

    O Supremo Tribunal de Justiça espanhol confirma a condenação de Lionel Messi por fraude fiscal. A notícia foi avançada pelo El País. O jogador do Barcelona foi condenado a 21 meses de prisão por três crimes fiscais que lesaram o Estado em 4,1 milhões de euros.

  • Autódromo do Estoril está ilegal há 45 anos

    Desporto

    De acordo com o Público este equipamento desportivo, inaugurado na década de 70, não tem licença de construção nem de utilização. Uma notícia que apanhou de surpresa o executivo camarário de Cascais, liderado por Carlos Carreiras.

  • Seca na Bacia do Sado exige restrições ao uso da água no Alentejo

    País

    A Agência Portuguesa do Ambiente aprovou hoje um conjunto de medidas para gestão dos recursos hídricos, definindo medidas específicas para a bacia hidrográfica do Sado, a única que se encontra em situação de seca. Além da diminuição de regas em hortas e jardins, a APA recomenda o encerramento das fontes decorativas, a proibição de encher piscinas e de lavagem de automóveis.