sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Amã substitui farda de trabalhadores da limpeza por recordarem reféns do Estado Islâmico

A cidade de Amã decidiu alterar a cor dos uniformes dos trabalhadores dos serviços de limpeza por recordarem os detidos na posse do grupo Estado Islâmico (EI) que surgem com uma fato-macaco cor de laranja, como o piloto jordano queimado vivo pelos 'jihadistas'. 

© Reuters TV / Reuters

"A partir de 20 de março, o novo uniforme dos trabalhadores dos serviços de higiene será de cor turquesa", indicaram em comunicado responsável da câmara municipal da capital da Jordânia. 

Esta decisão foi tomada em resposta aos insistentes pedidos "dos habitantes e também do irmão do mártir Maaz al-Kassasbeh [o piloto jordano executado pelo EI], porque a cor laranja era associada às práticas terroristas do Daech [um acrónimo do EI em árabe] ".

Segundo o comunicado, a cor turquesa foi escolhida após uma sondagem à população na página da cidade colocada na internet e através das redes sociais, em que eram sugeridas oito cores. A cor selecionada foi associada a esta trabalho específico, às condições climáticas e à segurança pública. 

Os serviços de limpeza contam com mais de 6.000 funcionários em Amã, referiram ainda os responsáveis da cidade. 

O EI, que controla diversas regiões do Iraque e da Síria, difundiu diversos registos vídeo que demonstram a decapitação de reféns onde os "condenados" envergam um fato-macaco laranja que recorda os prisioneiros de Guantánamo. 


Lusa
  • PSD está a "perder terreno" na escolha de candidato a Lisboa
    1:46

    País

    Quem o diz é Luís Marques Mendes: o PSD perde na demora da escolha de um candidato para a Câmara de Lisboa. O líder Passos Coelho rejeita apoiar a candidatura de Assunção Cristas e garante que o partido vai ter um candidato próprio. Segundo o comentador da SIC, o último convite foi dirigido a José Eduardo Moniz.

  • Motim em prisão brasileira fez pelo menos 30 mortos
    1:09

    Mundo

    Um novo motim numa prisão brasileira fez pelo menos 30 mortos. A prisão, que é a maior do Estado do Rio Grande do Norte, tem capacidade para 600 reclusos mas acolhe quase o dobro. Após o motim de 14 horas, a polícia já tem o controlo total da prisão.

  • Aqui também se vive
    16:07
  • Austrália condena Japão por caça de baleias no Oceano Antártico

    Mundo

    O Governo da Austrália condenou hoje o Japão por retomar a caça de baleias no Oceano Antártico, após a divulgação de imagens de um cetáceo morto a bordo de um barco japonês que se encontrava em águas protegidas.O ministro do Ambiente, Josh Frydenberg, manifestou "profunda deceção", um dia depois de a organização Sea Shepherd divulgar fotografias e vídeos de uma baleia minke no barco japonês Nisshin Maru.