sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Turquia anuncia prisão de espião acusado de ajudar adolescentes britânicas a entrarem na Síria

A Turquia anunciou hoje que um agente dos serviços de informações dum dos países da coligação que combate o grupo Estado Islâmico (EI) foi detido por ter ajudado três adolescentes a juntarem-se aos 'jihadistas'.

Em declarações ao canal televisivo A-Haber, o ministro dos Negócios Estrangeiros turco, Mevlut Cavusoglu, confirmou que o suspeito foi detido por ter ajudado três raparigas a cruzarem a fronteira entre a Turquia e a Síria para se juntarem aos 'jihadistas'. 

"Sabem quem ajudou essas raparigas? Foi preso. Trabalhava para os serviços de informações de um país da coligação" internacional que combate o EI, disse na entrevista, também divulgada pela agência oficial Anatolia. 

Sem especificar, o chefe da diplomacia turca adiantou que não possui nacionalidade europeia ou norte-americana. "Não é um membro da UE [União Europeia] nem dos Estados Unidos. Trabalha para os serviços de informações de um país que integra a coligação", sublinhou. 

Também não foi revelada a forma como o alegado espião foi capturado, mas Cavusoglu disse ter informado o seu homólogo britânico. "Respondeu-me, 'como é costume'", sem explicar nada mais, acrescentou o ministro turco. 

As adolescentes e amigas Kadiza Sultana, 16 anos, e Shamima Begum e Amira Abase, ambas com 15 anos, entraram na Síria após terem viajado num voo de Londres para Istambul em 17 de fevereiro. 

Na metrópole turca seguiram de autocarro para a cidade de Sanliurfa (sul do país e junto à fronteira com a Síria), onde terão atravessado a fronteira. 

As declarações de Cavusoglu coincidem com uma crescente exasperação entre os responsáveis oficiais turcos sobre as repetidas críticas do ocidente, que acusa Ancara por não adotar medidas eficazes que impeçam os 'jihadistas' e simpatizantes de cruzarem a fonteira entre a Turquia e a Síria. 

No mês passado a Turquia acusou o Reino Unido de um atraso "inaceitável" em informar as autoridades turcas sobre a partida do seu território das três raparigas. 

Responsáveis oficiais turcos garantem que Ancara tem promovido esforços para travar o fluxo de 'jihadistas' mas necessita de receber informações prévias dos serviços de segurança ocidentais para atuar com eficácia. 

Diversas nações na península arábica, incluindo a Arábia Saudita e o Qatar, estão envolvidas na coligação militar contra o IE, para além dos Estados Unidos e de diversos países da UE. 


Lusa
  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Costa confiante no crescimento da economia e das exportações
    1:09

    Economia

    O primeiro-ministro manifestou confiança no crescimento da economia e das exportações. À margem da cerimónia dos 25 anos da Auto Europa em Portugal, António Costa deu vários exemplos de investimento estrangeiro, feito nas últimas semanas no país, e disse que os dados económicos recentes são positivos.

  • Turista italiano assassinado em favela do Rio de Janeiro
    1:01

    Mundo

    Um turista italiano de 52 anos foi assassinado numa favela do Rio de Janeiro, no Brasil, enquanto viajava com um amigo. Após várias horas com o gangue autor do crime, o amigo que se encontrava com a vítima acabou por ser libertado.

  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47