sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Estado Islâmico controla campo de refugiados palestinianos na Síria

Os rebeldes do Estado Islâmico tomaram de assalto o campo de refugiados palestinianos de Yarmuk, a sul de Damasco, na Síria. A notícia foi avançada pela Organização de Libertação da Palestina. Também já foi confirmada pelo Observatório Sírio dos Direitos Humanos. 

O campo de Yarmuk alberga atualmente 18 mil pessoas

O campo de Yarmuk alberga atualmente 18 mil pessoas

© Stringer . / Reuters

"Os combatentes do EI tomaram de assalto esta manhã o campo de Yarmuk e controlam a maior parte do campo", disse à agência noticiosa AFP Anouar Abdel Hadi, diretor dos assuntos políticos da Organização de Libertação da Palestina (OLP) na Síria, e enquanto "prosseguiam combates no interior do campo com grupos armados". 

O Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH) também confirmou que o grupo extremista controlava uma "grande parte" do campo, após combates contra um grupo armado palestiniano hostil ao regime de Bachar al-Assad. Presume-se que os membros do EI se infiltraram no campo a partir da localidade rebelde de Hajar al-Aswad, situada nas proximidades. 

O campo de Yarmuk, o maior dos campos de refugiados palestinianos na Síria, albergava 160.000 sírios e palestinianos antes do início da guerra na Síria em 2011, contra apenas 18.000 pessoas atualmente. 

Em fevereiro de 2014, os grupos rebeldes sírios retiraram-se do campo na sequência de um acordo com organizações palestinianas armadas antirregime. 

Os habitantes enfrentam escassez de alimentos, água e medicamentos devido a um cerco quase total imposto há mais de um ano pelo regime de Damasco. 

O surgimento do grupo Estado Islâmico no conflito sírio complicou a situação no terreno. Para além de considerar o regime de Bachar al-Assad seu inimigo, também combate os restantes grupos rebeldes para tentar garantir o seu objetivo de hegemonia territorial. 

Lusa
  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.