sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Atentado suicida que matou 33 pessoas no Afeganistão reivindicado pelo grupo Estado Islâmico

O número de mortos num ataque suicida hoje no exterior de um banco na cidade afegã de Jalalabad subiu para 33, ascendendo os feridos a uma centena, segundo fontes hospitalares locais.

© Parwiz Parwiz / Reuters

"Os corpos de 33 pessoas e mais de 100 feridos chegaram ao hospital", disse à agência AFP Najeebullah Kamawal, diretor do hospital da província de Nangarhar - cuja capital é Jalalabad -, atualizando os números anteriormente divulgados, que apontavam para um total de 22 mortos e 50 feridos em resultado do ataque suicida.

Segundo o chefe da polícia da província de Nangarhar, Fazal Ahmad Shirzad, a explosão ocorreu no exterior de um banco onde funcionários do governo recebiam os seus salários.

Até ao momento, o atentado não foi reivindicado por nenhum grupo.


Lusa
  • 2017 regista o valor mais alto de área ardida da última década
    0:56
  • Danos Colaterais 
    18:55
    Reportagem Especial

    Reportagem Especial

    Jornal da Noite

    Nos últimos oito anos a banca perdeu 12 mil profissionais. A dimensão de despedimentos no setor é a segunda maior da economia portuguesa, só ultrapassada pela construção civil. A etapa mais complexa da história começou em 2008, com a nacionalização do BPN. Desde então, as saídas têm sido a regra. A reportagem especial desta terça-feira, "Danos Colaterais", dá voz aos despedidos da banca.

  • Suspeitas de fraude em matrículas escolares
    2:24

    País

    A Inspeção-Geral de Educação e Ciência (IGAE) abriu uma investigação por suspeitas de fraude nas matrículas, no agrupamento Filipa de Lencastre, em Lisboa. Muitos pais queixam-se de alegadas irregularidades no processo de admissão de vários alunos. Em algumas escolas foi preciso recorrer aos serviços da PSP para acalmar os ânimos. 

  • Trump acusa o procurador-geral dos EUA de ser fraco
    1:46