sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Militares portugueses que vão combater Estado Islâmico partem amanhã para o Iraque

Os 30 militares do Exército que vão para o Iraque colaborar no combate ao movimento extremista Estado Islâmico (EI) partem na quarta-feira do aeródromo de Figo Maduro, anunciou hoje o Estado-Maior-General das Forças Armadas (EMGFA).

Arquivo Lusa

Arquivo Lusa

Arquivo LUSA

O EMGFA informou que a missão do contingente nacional se insere na coligação internacional de combate ao EI e tem "duração prevista de um ano".

Os militares portugueses irão apoiar a formação e treino das forças armadas iraquianas, continua a nota disponível na página da internet do EMGFA.

O ministro dos Negócios Estrangeiros português Rui Machete confirmou no passado dia 21 de abril esta operação, mas a decisão sobre o envio de militares portugueses para o Iraque foi tomada na reunião de 16 de dezembro de 2014 do Conselho Superior de Defesa Nacional.

Os militares partem do aeródromo de Figo Maduro (Aeródromo de Trânsito nº1), pelas 08:00, a bordo do avião militar C-130 com destino à capital iraquiana Bagdade.

Na partida estarão presentes o comandante das Forças Terrestres Tenente-General António Xavier Lobato de Faria Menezes, e o chefe do Estado-Maior do Comando Conjunto para as Operações Militares Vice-Almirante Fernando Manuel de Macedo Pires da Cunha.

Lusa
  • Encontrado corpo da criança que desapareceu na praia de São Torpes
    0:55

    País

    O corpo da criança que tinha desaparecido na praia São Torpes, concelho de Sines, foi encontrado esta manhã fora de água, nas rochas, a 1,5 quilómetros do sítio onde tinha desaparecido, no passado dia 21. O alerta foi dado por um popular à Polícia Marítima, cerca das 8h00.

  • Não há aumentos salariais no Estado para o ano
    1:18

    Economia

    O ministro das Finanças confirma a alteração dos escalões de IRS em 2018. É uma das medidas prioritárias para o próximo ano, a par do descongelamento das carreiras na função pública. Numa entrevista à Antena 1, Mário Centeno admite que não vai haver aumentos salariais no Estado no próximo ano

  • Obrigada a vir dos EUA, de 3 em 3 semanas, para ver o filho
    2:00
  • Marcelo diz que Europa não deve contar com benevolência dos aliados 
    1:19

    País

    O Presidente da República concorda com Angela Merkel, que este domingo defendeu que a Europa já não pode confiar a 100% nos países aliados. Numa conferência sobre o futuro da Europa, Marcelo Rebelo de Sousa defendeu que a União Europeia tem de assumir responsabilidades e protagonismo e não pode contar com a iniciativa e a benevolência dos aliados.

  • Merkel sugere que a Europa já não pode contar com aliados como os EUA
    1:45

    Mundo

    Depois das cimeiras do G7 e da NATO,e sem nunca mencionar Donald Trump, a chanceler alemã diz que é tempo de cada país tomar conta do próprio destino. As declarações de Angela Merkel foram feitas em Munique numa ação de campanha da CDU e evidenciam incómodo em relação às posições manifestadas pelos EUA.