sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Militares portugueses partem hoje para o Iraque para combater jihadistas

Os 30 militares do Exército que vão para o Iraque colaborar no combate ao movimento extremista Estado Islâmico (EI) partem hoje de manhã do aeródromo de Figo Maduro.

(Arquivo/ Reuters)

(Arquivo/ Reuters)

© Nacho Doce / Reuters

O Estado-Maior-General das Forças Armadas (EMGFA) informou na terça-feira que a missão do contingente nacional se insere na coligação internacional de combate ao EI e tem "duração prevista de um ano".


Os militares portugueses irão apoiar a formação e treino das forças armadas iraquianas, de acordo com a nota disponível na página da internet do EMGFA.


O ministro dos Negócios Estrangeiros português Rui Machete confirmou no passado dia 21 de abril esta operação, mas a decisão sobre o envio de militares portugueses para o Iraque foi tomada na reunião de 16 de dezembro de 2014 do Conselho Superior de Defesa Nacional.


Os militares partem do aeródromo de Figo Maduro (Aeródromo de Trânsito nº1) pelas 08:00, a bordo do avião militar C-130 com destino à capital iraquiana Bagdade.




Com Lusa
  • Nascentes do Douro e Tejo estão praticamente secas
    2:55
  • "Para ele, um 'não' não foi suficiente"
    3:39
  • "Diálogos" de Catarina Neves duplamente premiado no festival Muvi
    2:12
  • Isabel II e Filipe de Edimburgo celebram 70 anos de casamento
    0:44

    Mundo

    A rainha Isabel II de Inglaterra e Filipe de Edimburgo celebram hoje 70 anos de casamento. Em dia de comemoração, o Palácio de Buckingham divulgou novas fotografias do casal cuja união é a mais duradora dentro das casas reais. Isabel casou com 21 anos. Seis anos depois foi coroada rainha por ocasião da morte do pai. A rainha e o marido têm quatro filhos, entre eles o herdeiro ao trono, Carlos, oito netos e cinco bisnetos.

  • Um negócio familiar destruído pelas chamas
    8:36