sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Jihadistas do Estado Islâmico ocupam norte da cidade histórica síria de Palmira

Os jihadistas do grupo Estado Islâmico (EI) apoderaram-se hoje do norte da cidade histórica de Palmira, na Síria, informou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

As ruínas de Palmira classificadas Património Mundial pela UNESCO que incluem templos e ruas ladeadas de colunas.

As ruínas de Palmira classificadas Património Mundial pela UNESCO que incluem templos e ruas ladeadas de colunas.

© Jamal Saidi / Reuters

Após várias horas de luta violenta, "combatentes do EI tomaram posse de partes do norte da cidade, que representam um terço de Palmira", disse o diretor do OSDH, Rami Abdel Rahman, adiantando que "as forças do regime abandonaram aqueles bairros".

As ruínas de Palmira classificadas de Património Mundial pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), que incluem templos e ruas ladeadas de colunas, situam-se no sudoeste da cidade.

Segundo a televisão estatal síria, "as forças armadas atingiram grupos de terroristas do EI no norte de Palmira e impediram a sua infiltração a partir de áreas no norte da cidade".

Trata-se da segunda vez que o grupo radical ocupa o norte de Palmira, depois de dia 13 ter lançado uma ofensiva contra a cidade, que já causou centenas de mortos. Os mesmos bairros foram conquistados no sábado, mas estiveram na posse do EI menos de 24 horas.

Mohammad, um ativista de Palmira, disse à agência France Presse que "os soldados do regime fugiram depois do EI ter ocupado o edifício da segurança do Estado" na zona norte da cidade.

"Eles dirigiram-se para a sede dos serviços de informação militares perto das ruínas", adiantou.

A UNESCO tem alertado para o risco que correm as ruínas de Palmira desde o início da ofensiva jihadista, depois do EI ter destruído tesouros arqueológicos no Iraque.

A cidade com mais de 2.000 anos tem grande importância estratégica para o grupo radical, estando situada no grande deserto sírio limítrofe da província iraquiana de Al-Anbar, que o EI já controla em grande parte.


Lusa
  • Papa aprova canonização dos pastorinhos

    País

    O Papa Francisco promulgou esta manhã o decreto que reconhece o milagre atribuído aos beatos Francisco e Jacinta, conhecidos como os pastorinhos de Fátima, o que permite a canonização, anunciou a sala de imprensa da Santa Sé.

  • As vantagens de comprar online
    8:03
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Filho de Trump critica mayor de Londres por palavras de 2016

    Ataque em Londres

    Donald Trump Júnior criticou o presidente da Câmara de Londres logo a seguir ao ataque de quarta-feira que fez três mortos e mais de 40 feridos. O filho de Presidente publicou no Twitter uma reação a uma declaração de Sadiq Khan de setembro de 2016. Para o Presidente dos EUA, o ataque em Londres é "uma grande notícia".

  • Marcelo reuniu-se com líderes europeus para falar do futuro da UE
    2:31

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa esteve esta quarta-feira em Bruxelas e participou numa homenagem às vítimas do atentado em Bruxelas, onde colocou uma coroa de flores junto ao monumento.O Presidente da República esteve também reunido com os líderes das principais instituições europeias para falar sobre o futuro da UE.