sicnot

Perfil

Daesh

Jihadista defende legitimidade do movimento para matar prisioneiros e civis

Jihadista defende legitimidade do movimento para matar prisioneiros e civis

A televisão central da china entrevistou um elemento do Estado Islâmico detido na Síria há meio ano. O jovem do Quirguistão foi recrutado no Egito para trabalhar como tradutor e defende a legitimidade do movimento para matar prisioneiros e civis.

  • Jihadistas conquistam cidade síria de Palmira
    2:16

    Mundo

    Na Síria, os jihadistas do "Estado Islâmico" conquistaram a cidade histórica de Palmira e ameaçam já destruir as ruínas milenares classificadas Património da Humanidade. Com a conquista de Palmira, que provocou 500 mortos e a fuga da população, o movimento jihadista controla já 50 por cento do território sírio.

  • Morto líder do principal grupo jihadista tunisino

    Mundo

    O líder do principal grupo 'jihadista' tunisino, Abu Sakhr Lokmane, acusado de ter executado o ataque de 18 de março contra o Museu do Bardo, foi morto no sábado por forças tunisinas, anunciou o primeiro-ministro da Tunísia, Habib Essid.

  • Obrigada a vir dos EUA, de 3 em 3 semanas, para ver o filho
    2:00

    País

    O episódio de hoje de Vidas Suspensas envolve uma médica dentista norte-americana e um português. Um exemplo do que acontece a muitos portugueses que casam com estrangeiros: quando se divorciam, coloca-se a questão de saber para que país vão os filhos.

    Hoje na SIC

  • Encontrado corpo da criança que desapareceu na praia de São Torpes
    0:55

    País

    O corpo da criança que tinha desaparecido na praia São Torpes, concelho de Sines, foi encontrado esta manhã fora de água, nas rochas, a 1,5 quilómetros do sítio onde tinha desaparecido, no passado dia 21. O alerta foi dado por um popular à Polícia Marítima, cerca das 8h00.

  • Tubarão com 2,7 metros salta para dentro de barco e ataca pescador

    Mundo

    Um australiano foi atacado por um tubarão branco quando estava a pescar na sua embarcação, em Evan Heads, Nova Gales do Sul, na costa Este da Austrália. O animal, com cerca de 200 quilos e 2,7 metros de comprimento, saltou para dentro do barco, derrubou o pescador e mordeu-lhe no braço.

    SIC