sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Pelo menos 76 mortos e 45 feridos em ataques e confrontos no Iraque

Pelo menos 76 pessoas morreram e 45 outras ficaram feridas num ataque e confrontos entre as forças iraquianas, apoiadas pela aviação da coligação internacional, e membros do grupo autodenominado Estado Islâmico (EI), informaram fontes da segurança.

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

© Stringer . / Reuters

Fonte policial na província de Saladino explicou à agência noticiosa Efe que sete soldados e milicianos xiitas partidários do Governo iraquiano morreram e dez ficaram feridos num ataque com um carro-bomba na zona de Al Fatha, a 40 quilómetros a norte de Tikrit, capital provincial.

O mesmo responsável indicou que os confrontos entre o exército, apoiado por uma milícia xiita, e os combatentes do grupo radical EI prosseguiam nos subúrbios da cidade petrolífera de Biyi, a 30 quilómetros a norte de Tikrit.

Indicou ainda que as forças governamentais controlam atualmente a maioria dos bairros da zona, dirigindo-se à refinaria estratégica de Biyi.

A mesma fonte explicou também que o exército iraquiano atacou hoje posições dos 'jihadistas' do EI na área de Alain, a oeste de Samarra, a 40 quilómetros a sul de Tikrit, matando 17 combatentes.

Por outro lado, uma fonte de segurança da província de Al Anbar, a oeste de Bagdade, afirmou que as forças da ordem, apoiadas por milícias xiitas, repeliram uma tentativa de assalto a um quartel militar pelo grupo extremista perto da cidade de Al Karma, a 35 quilómetros a oeste de Ramadi, a capital provincial.

Nessa operação, morreram 25 combatentes do EI e dois soldados, enquanto outros 20 membros do grupo radical e três militares ficaram feridos.

A mesma fonte acrescentou que seis soldados iraquianos morreram em confrontos com os radicais na povoação de Al Maamara, a sudeste de Faluya, a 45 quilómetros a oeste de Bagdade, sem que se conheçam, porém, dados sobre eventuais baixas nas fileiras do EI.

Não muito longe, quatro civis foram mortos e cinco feridos num bombardeamento com tanques contra a zona de Buhatem, a oeste de Faluya.

Onze soldados morreram num ataque de 'jihadistas' contra um quartel militar em Al Busadra, na zona de Al Karma; e quatro num ataque do EI contra um hospital a oeste de Faluya, base de várias unidades do exército. 

 

 

Lusa

  • Passos nega que resultado das autárquicas ponham em causa liderança do PSD
    7:46
  • PS e PSD trocam acusações sobre Tancos
    1:18
  • Homens vítimas de violência doméstica
    31:17
  • Marcelo mergulha na baía de Luanda
    0:45
  • Marcelo garante que relações com Angola "estão vivas"
    1:50

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa sublinhou esta segunda-feira as boas relações entre Portugal e Angola. À chegada a Luanda para a posse do novo Presidente angolano João Lourenço, o chefe de Estado português aproveitou para tomar um banho de mar.

  • Défice chegou aos 2.034 milhões em agosto
    1:51

    Economia

    O défice do Estado caiu 1.900 milhões de euros até agosto, em comparação com o ano passado. A recuperação da economia ajudou a baixar o défice, com mais receitas e impostos acima do esperado. Já a despesa pública ficou praticamente inalterada e os pagamentos do Estado em atraso subiram.

  • Morreu a egípcia que chegou a pesar 500 quilos

    Mundo

    A egípcia Eman Ahmed Abd El Aty, de 37 anos, que chegou a pesar 500 quilos, morreu num hospital de Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, devido a complicações cardíacas na sequência do seu excesso de peso.