sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

'Drone' norte-americano proveniente da Turquia bombardeou grupo do Estado Islâmico na Síria

Um avião não-tripulado norte-americano proveniente da Turquia bombardeou hoje um alvo do grupo Estado Islâmico (EI) no norte da Síria, na primeira operação aérea do género desencadeada a partir de território turco.

© Patrick Fallon / Reuters

"Um 'drone' americano efetuou hoje um raide aéreo na Síria perto de Raqa", indicou à agência noticiosa France Presse um responsável turco, fazendo referência à cidade do norte da Síria considerada pelos islamistas do EI como a sua capital.

Segundo a mesma fonte, o 'drone' descolou na base turca de Incirlik, disponibilizada recentemente por Ancara aos militares norte-americanos para o ataque a alvos do EI na Síria.

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Mevlut Cavusoglu, tinha já anunciado que a Turquia estava preparada para iniciar uma "vasta" luta contra os 'jihadistas' do EI na Síria, ao lado dos Estados Unidos, após ter permanecido à margem da coligação internacional dirigida por Washington.

Em julho Ancara deu autorização para a utilização por aviões de combate norte-americanos da base aérea de Incirlik (sul), situada a cerca de 200 quilómetros das posições do EI no norte da vizinha Síria.

O Pentágono anunciou esta semana que 'drones' norte-americanos descolaram de Incirlik para missões no norte da Síria, mas a operação de hoje foi o primeiro 'raide' a ser efetuado.

A Turquia, membro da coligação internacional dirigida pelos Estados Unidos, seu parceiro na NATO, tinha recusado até ao momento agir de forma determinada contra os jihadistas, mas um mortífero atentado de julho numa cidade fronteiriça implicou o anúncio de uma ofensiva contra o grupo extremista, mas também contra a rebelião curda.

Nos últimos dias Ancara procedeu a raides aéreos limitados contra o grupo EI na Síria, enquanto intensificava as ações dirigidas aos combatentes curdos do PKK, com bases no norte do Iraque e sudeste da Turquia.

Responsáveis turcos sugeriram que Ancara vai intensificar as operações aéreas contra o EI quando foram desencadeadas operações norte-americanas em larga escala a partir de Incirlik. Segundo diversos media, cerca de 30 caças norte-americanos deverão chegar em breve a esta base para participar no combate contra o EI na Síria.

Lusa

  • Aeroporto Cristiano Ronaldo? Nem todos os madeirenses estão de acordo
    2:21
  • Hotel inovador na Madeira
    2:23

    Economia

    O grupo Pestana está a construir no Funchal, um novo e único hotel, através de uma técnica inovadora que quase não utiliza cimento. Este vai ser o primeiro hotel do mundo construído com um sistema modular desenvolvido em Portugal. O hotel vai ter 77 quartos e vai ficar construído em apenas seis meses. O maior grupo hoteleiro português admite recorrer a este novo sistema em futuros hotéis.

  • Fatura da água a dobrar
    2:26

    Economia

    Desde o início do ano que a população de Celorico de Basto está a receber duas faturas da água para pagar. Tanto a Câmara como a Águas do Norte reclamam o direito a cobrar pelo serviço. Contactada pela SIC, a Entidade Reguladora esclarece que o município não pode emitir faturas e tem de devolver o dinheiro.

  • Vala comum com 6 mil corpos em Mossul
    1:43

    Daesh

    Há suspeitas de que o Daesh tenha criado uma vala comum com cerca de seis mil corpos a sul de Mossul, no Iraque. A área em redor estará minada. A revelação é de uma equipa de reportagem da televisão britânica Sky News.

  • A menina que os pais queriam chamar "Allah"

    Mundo

    ZalyKha Graceful Lorraina Allah tem 22 meses, anda não sabe ler nem escrever mas já está no centro de um processo judicial contra o Estado da Georgia, nos EUA. Os pais, Elizabeth Handy e Bilal Walk, apoiados por uma ONG, exigem na justiça que o nome seja reconhecido na certidão de nascimento para que a criança possa ser inscrita na escola, na segurança social ou nos registos e notoriado. O casal já tem um filho de 3 anos que se chama Masterful Mosirah Aly Allah.