sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

'Drone' norte-americano proveniente da Turquia bombardeou grupo do Estado Islâmico na Síria

Um avião não-tripulado norte-americano proveniente da Turquia bombardeou hoje um alvo do grupo Estado Islâmico (EI) no norte da Síria, na primeira operação aérea do género desencadeada a partir de território turco.

© Patrick Fallon / Reuters

"Um 'drone' americano efetuou hoje um raide aéreo na Síria perto de Raqa", indicou à agência noticiosa France Presse um responsável turco, fazendo referência à cidade do norte da Síria considerada pelos islamistas do EI como a sua capital.

Segundo a mesma fonte, o 'drone' descolou na base turca de Incirlik, disponibilizada recentemente por Ancara aos militares norte-americanos para o ataque a alvos do EI na Síria.

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Mevlut Cavusoglu, tinha já anunciado que a Turquia estava preparada para iniciar uma "vasta" luta contra os 'jihadistas' do EI na Síria, ao lado dos Estados Unidos, após ter permanecido à margem da coligação internacional dirigida por Washington.

Em julho Ancara deu autorização para a utilização por aviões de combate norte-americanos da base aérea de Incirlik (sul), situada a cerca de 200 quilómetros das posições do EI no norte da vizinha Síria.

O Pentágono anunciou esta semana que 'drones' norte-americanos descolaram de Incirlik para missões no norte da Síria, mas a operação de hoje foi o primeiro 'raide' a ser efetuado.

A Turquia, membro da coligação internacional dirigida pelos Estados Unidos, seu parceiro na NATO, tinha recusado até ao momento agir de forma determinada contra os jihadistas, mas um mortífero atentado de julho numa cidade fronteiriça implicou o anúncio de uma ofensiva contra o grupo extremista, mas também contra a rebelião curda.

Nos últimos dias Ancara procedeu a raides aéreos limitados contra o grupo EI na Síria, enquanto intensificava as ações dirigidas aos combatentes curdos do PKK, com bases no norte do Iraque e sudeste da Turquia.

Responsáveis turcos sugeriram que Ancara vai intensificar as operações aéreas contra o EI quando foram desencadeadas operações norte-americanas em larga escala a partir de Incirlik. Segundo diversos media, cerca de 30 caças norte-americanos deverão chegar em breve a esta base para participar no combate contra o EI na Síria.

Lusa

  • Abdeslam conhece hoje a sentença de um processo paralelo ao atentado de Paris
    1:14
  • Cão parcialmente cego e surdo salva criança na Austrália
    0:46
  • A festa de aniversário de Isabel II
    1:04