sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Casa Branca anuncia morte do nº2 do Estado Islâmico

O número dois do grupo extremista Estado Islâmico foi morto durante um ataque aéreo dos Estados Unidos no norte do Iraque, informou hoje a Casa Branca.

O Conselho Nacional de Segurança identificou o militante morto como Fadhil Ahmad al-Hayali, também conhecido como Haji Mutaz.

As forças de defesa dos Estados Unidos explicaram que Al-Hayali morreu juntamente com um operacional daquele grupo conhecido como Abu Abdullah, na passada terça-feira, durante um ataque contra um veículo perto da cidade de Mossul.

A Casa Branca descreveu Al-Hayali como membro do conselho governativo do grupo Estado Islâmico e "principal coordenador para o transporte de grandes quantidades de armas, explosivos, veículos e pessoas entre o Iraque e a Síria".

"Fadhil Ahmad al-Hayali apoiou as operações do grupo em ambos os países e foi responsável pelas operações do Estado Islâmico no Iraque nos últimos dois anos", sublinhou a Casa Branca, acrescentando que antes de pertencer àquele grupo extremista Al-Hayali fazia parte da facão iraquiana da Al-Qaida.

Lusa

  • Daesh transforma drones em bombardeiros 

    Daesh

    As estratégias de combate do Daesh têm vindo a sofrer alterações, bem como a capacidade das forças militares iraquianas para confrontar e derrotar o inimigo. De acordo com o responsável do Exército dos EUA Brett Sylvia, comandante militar no Iraque, a tática mais recente desenvolvida pelo Daesh consiste em usar drones de uso comercial em pequenos bombardeiros, capazes de transportar e lançar granadas.

  • PSD e CDS têm caminhos diferentes
    1:22

    País

    Assunção Cristas já respondeu a Pedro Passos Coelho, depois de o líder do PSD ter recusado apoiar a candidatura da líder do CDS à Câmara de Lisboa. Cristas diz que os dois partidos têm caminhos diferentes. O PSD continua sem apresentar candidato. Contudo, Marques Mendes revelou que Passos Coelho convidou José Eduardo Moniz a candidatar-se à Câmara de Lisboa.