sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Estado Islâmico destruiu parte de templo mais importante de Palmira

Os jihadistas do grupo autoproclamado Estado Islâmico detonaram parte do templo de Bêl, considerado o mais importante da cidade antiga de Palmira na Síria, segundo uma organização não-governamental e militantes.

© Handout . / Reuters

A 23 de Agosto, os jihadistas que ocupam vastas regiões do país afundado numa guerra civil destruíram o templo de Baalshamin.

No domingo, homens do grupo Estado Islâmico colocaram explosivos no interior do templo de Bêl, destruindo parcialmente o edifício, indicou o Observatório Sírio dos Direitos do Homem (OSDH).

Mohammed Hassan al-Homsi, um militante de Palmira também referiu a destruição parcial do templo. "Eles usaram contentores e barris carregados de explosivos, preparados com antecedência", que destruíram o interior do templo, afirmou.

No entanto, o diretor-geral das antiguidades e dos museus na Síria, Maamoun Abdelkarim, disse não estar em condições de poder confirmar a destruição.

"Os rumores sobre as ruínas circulam todos os dias e é preciso ser cauteloso em relação a esse tipo de informações", disse o responsável sírio, que anunciou ele próprio a destruição do templo de Baalshamin.

Palmira, situada na província de Homs, no centro do país, é classificada como património da Humanidade. Foi conquistada em maio pelo Estado Islâmico, que já destruiu vários locais arqueológicos no Iraque, país vizinho da Síria.

Depois de tomar o controlo de Palmira, o Estado Islâmico atacou a cidade antiga em junho e executou mais de 200 pessoas, incluindo 20 num teatro antigo.

Lusa

  • "Não partilhei SMS com ninguém"
    0:43

    Caso CGD

    António Domingues afirma que nunca revelou o conteúdo das mensagens trocadas com o ministro das Finanças sobre a entrega das declarações de património ao Tribunal Constitucional. O tema dos SMS foi abordado pelo ex-presidente da Caixa na sequência de uma pergunta do PCP sobre declarações feitas por António lobo Xavier no programa da SIC Notícias "Quadratura do Círculo".

  • "As regras europeias de bem estar animal são dogmas", diz diretor-geral de Veterinária
    1:32

    País

    O diretor-geral de Alimentação e Veterinária considera que as regras de bem estar animal que existem na União Europeia (UE) "parecem configurar uma transfiguração antropomórfica dos animais". Em declarações à SIC, a propósito da exportação de animais vivos para países terceiros, que têm outras regras de abate, Fernando Bernardo defendeu ainda que o método usado em Israel provoca uma insensibilização mais rápida do que o praticada na UE.

  • PAN questiona Governo sobre aposta na exportação de animais vivos para o Médio Oriente
    1:56

    País

    O partido Pessoas-Animais-Natureza lembra que à luz do Regulamento nº. 1/2005 do Conselho Europeu, os estados-membros da União Europeia (UE) devem evitar transportar animais vivos em viagens de longo curso. O deputado André Silva considera, por isso, que "o Estado português está a incumprir o regulamento" ao fomentar estas viagens, numa clara aposta económica em torno da exportação de animais vivos para Israel e outros destinos fora da UE. Para o deputado do PAN, é muito difícil ou "mesmo impossível assegurar o bem estar dos animais" em viagens de vários dias.

  • Trump pensou que presidência "seria mais fácil"

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos Donald Trump afirmou que a Presidência é mais difícil do que pensava e que tem saudades da vida que levava antes, em entrevistas a propósito dos primeiros 100 dias em funções.