sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Pelo menos 38 jihadistas mortos em raide aéreo na Síria

Pelo menos 38 jihadistas do autoproclamado Estado Islâmico morreram segunda-feira na sequencia de um raide aéreo do regime de Bashar al-Assad sobre as posições do grupo no centro da Síria, revela hoje uma Organização Não Governamental .

© Murad Sezer / Reuters

"Trataram-se de raides precisos nas posições do Estado Islâmico (EI) em Palmira, al-Soukhna e al-Qaryatain, na província central de Homs", precisou à agência de noticias francesa France Presse (AFP) Abdel Rahmane, diretor do Observatório Sírio dos Direitos do Homem (OSDH).

O exército do regime de Bachar al-Assad multiplicou nos últimos dias os seus ataques contra a organização extremista, paralelamente com um reforço da presença militar do aliado russo na Síria.

"Os raides multiplicam-se e os alvos são mais precisos, o Exército sírio recebeu armas e aviões mais eficientes de Moscovo", precisou Abdel Rahmane, cuja Organização Não Governamental (ONG) se baseia numa vasta rede de fontes civis, militares e médicas em todo o país.

Segundo especialistas próximos do regime de Damasco questionados pela France Presse, a Rússia enviou conselheiros para treinar as tropas sírias nos novos equipamentos, nomeadamente um sistema de defesa aéreo de curto alcance e tanques, de forma a alterar a equação militar no terreno.

Por seu turno, as autoridades norte-americanas avançaram segunda-feira à AFP que a Rússia havia enviado 28 aviões de combate para a Síria.

Moscovo negou ter tomado medidas adicionais para reforçar a sua presença na Síria, onde o conflito entre as forças governamentais e os rebeldes fez mais de 240.000 mortos em quatro anos e meio.

No entanto, o Kremlin defende o seu apoio a Damasco, sendo o seu principal aliado, e apela a uma aliança maior contra o Estado Islâmico, que incluiria a Síria e o Iraque.

Lusa

  • "A vitória de Bruno de Carvalho pode ser uma vitória de Pirro"
    1:01
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    As eleições para a presidência do Sporting realizam-se no próximo sábado e os comentadores d'O Dia Seguinte avaliaram já as hipóteses de vitória dos candidatos. Rui Gomes da Silva considera que a gravação que implicava José Maria Ricciardi não vai influenciar a decisão de voto. Já Paulo Farinha Alves acredita que Bruno de Carvalho vai vencer a eleição. Contudo José Guilherme Aguiar avisa as eleições podem não trazer estabilidade ao Sporting.

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • SIC revela relatório que provava falência do GES
    2:06
  • Sócrates acusa Cavaco de conspiração
    0:57
  • Bastidores do sambódromo: um espétaculo à parte
    3:22
  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22
  • Como a maioria de Esquerda gere as votações
    2:15

    País

    A gestão entre os partidos é feita diariamente mas nem sempre PCP e Bloco de Esquerda têm votado ao lado do Governo. A SIC ouviu um politólogo, que diz que o objetivo é cada um salientar as diferenças que os separam do PS. No entanto, também há exemplos que provam que nenhum dos partidos quer pôr em causa a estabilidade política.