sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Rússia lança primeiro ataque aéreo sobre a Síria

A Rússia lançou o primeiro ataque aéreo sobre a Síria, perto de Homs, segundo fonte do Pentágono citado pelas agências internacionais. O bombardeamento surge na sequência do pedido de ajuda do Presidente sírio, Bashar al-Assad, a Vladimir Putin na "luta contra o terrorismo". Moscovo já confirmou estes ataques.

RTV

Homs em janeiro de 2015

Homs em janeiro de 2015

© Stringer . / Reuters

O Ministério da Defesa russo diz que os alvos foram equipamentos militares, comunicações e depósitos de armas, munições e combustível.

O Kremlin assegura que a ação militar visa apenas combater o avanço do Estado Islâmico e exclui, para já, uma intervenção directa com tropas no terreno.

"Em conformidade com a decisão do comandante em chefe das forças armadas Vladimir Putin, realizámos uma operação aérea e bombardeamentos de precisão contra alvos no solo dos terroristas do grupo Estado Islâmico na Síria", declarou o general Igor Konachenkov, porta-voz do Ministério da Defesa, citado pelas agências noticiosas russas.

Putin obteve hoje "luz verde" do Senado russo para realizar bombardeamentos, pedidos pelo aliado, o presidente da Síria, Bashar al-Assad.

A Presidência síria confirmou hoje que Al-Assad tinha pedido à Rússia ajuda militar "no âmbito da iniciativa do Presidente Putin de luta contra o terrorismo".

De acordo com um responsável da Defesa norte-americano, a embaixada russa em Bagdad avisou a representação diplomática de Washington que os russos iam "começar missões aéreas contra o EI".

A embaixada russa "pediu também que os aviões norte-americanos evitem o espaço aéreo sírio durante estas missões", acrescentou.

Os Estados Unidos lideram uma coligação que há mais de um ano bombardeia as posições do EI na Síria e no Iraque.

O chefe da administração presidencial russa, Serguei Ivanov, precisou que o dispositivo limitava-se apenas a bombardeamentos, excluindo por enquanto quaisquer ações de tropas no solo.

Vladimir Putin justificou os bombardeamentos aéreos russos na Síria, afirmando tratar-se de ganhar rapidez e atacar os 'jihadistas' em territórios sob o seu controlo antes de chegarem a outros países.

"O único meio de lutar eficazmente contra o terrorismo internacional - na Síria e nos territórios vizinhos - (...) é ganhar velocidade, lutar e destruir os combatentes e os terroristas nos territórios que controlam e não esperar que cheguem aos nossos", declarou.

  • Quem deve ser o próximo treinador do FC Porto?

    Desporto

    Nuno Espírito Santo já não é treinador do FC Porto. O técnico e o clube chegaram a acordo mútuo para a rescisão do contrato, que o ligava por mais uma temporada aos dragões. Nuno Pinto da Costa tem agora que encontrar um novo treinador para orientar dos "dragões". Os nomes em cima da mesa são vários. Diga-nos quem deve ser o novo treinador do FC Porto.

  • Os treinadores do FC Porto desde o último título 

    Desporto

    Nunca o FC Porto esteve quatro anos consecutivos sem ganhar um título durante a presidência de Nuno Pinto da Costa. A ausência de vitórias teve início na época de 2013/14, quando começou uma autêntica dança de treinadores.

  • Julgamento do caso BPN deverá terminar quarta-feira
    4:38

    Economia

    O acórdão do processo principal do BPN vai ser tornado público esta quarta-feira, depois de quase sete anos de audições. O rosto principal é o de José Oliveira Costa mas há outros 14 arguidos sentados no banco dos réus.

  • "Michel Temer nunca teve vergonha, não tem cara de pessoa de bem"
    3:04

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou no habitual espaço de comentário do Jornal da Noite  da SIC, o escândalo com o Presidente do Brasil, Michael Temer. O comentador diz que já era previsível que Temer fosse apanhado com "o pé na poça" e afirma que o Presidente brasileiro nunca teve qualquer tipo de vergonha. Miguel Sousa Tavares fez ainda referência ao facto de Dilma Rousseff ser, entre todos os políticos brasileiros, a única que não tem processos contra ela.

    Miguel Sousa Tavares

  • Divulgado vídeo dos bambardeamentos contra o Daesh no Iraque
    0:42
  • Leão-marinho arrasta criança de doca em Vancouver
    0:51

    Mundo

    O momento em que um leão-marinho arrasta uma menina para a água foi gravado e publicado na internet. Sem nada que fizesse prever, o animal puxou a criança que estava sentada numa doca em Vancouver, no Canadá. A criança foi resgatada de imediato por um familiar e apesar do susto não sofreu ferimentos. O momento de aflição foi testemunhado por vários turistas.