sicnot

Perfil

Daesh

Rússia bombardeia pela primeira vez alvos do "Estado Islâmico"

Rússia bombardeia pela primeira vez alvos do "Estado Islâmico"

Na Síria, os caças russos bombardearam esta sexta-feira, pela primeira vez, alvos do autoproclamado Estado Islâmico. Os ataques, que provocaram a morte de pelo menos 12 combatentes, levaram o movimento a cancelar as orações de sexta-feira e a cortar a eletricidade em Raqqa, a capital dos jihadistas.

  •  Aumenta a polémica sobre bombardeamentos russos na Síria
    1:57

    Mundo

    A polémica sobre os bombardeamentos russos na Síria está a aumentar. Civis de Homs dizem que caças bombardearam uma escola onde vivem refugiados e os Estados Unidos e a França acusam a Rússia de bombardear civis e rebeldes não-jihadistas. Por outro lado, Moscovo já veio garantir que foram atingidos alvos do Estado Islâmico.

  • Rússia bombardeia Raqqa, bastião do Estado Islâmico

    Daesh

    Aviões de combate russos bombardearam a cidade síria de Raqqa (nordeste), bastião dos jihadistas do grupo extremista Estado Islâmico (EI), e destruíram infraestruturas "utilizadas para treinar terroristas", anunciou hoje o Ministério da Defesa russo.

  • Negociações serão difíceis e manter a unidade também
    0:32
  • Corrida à Agência Europeia Medicamento "não é fácil", admite Costa
    0:50

    Brexit

    António Costa confirmou a apresentação da candidatura para a transferência da agência europeia do medicamento de Londres para Portugal. À margem da cimeira extraordinário sobre o Brexit, o primeiro-ministro salientou a importância da instalação do instituto no país para reforçar a competitividade no setor