sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Avião da coligação teve de mudar de rota para evitar aparelho russo

A coligação que combate o grupo extremista Estado Islâmico teve de alterar a rota de um seu avião sobre a Síria para evitar que este se aproximasse de um aparelho russo, informou hoje o Pentágono.

© Murad Sezer / Reuters

"Houve pelo menos uma vez" uma circunstância em que a coligação liderada pelos EUA "teve de agir para modificar a rota" de um dos seus aviões, indicou um porta-voz do Pentágono, Jeff Davis.

Os aviões russos estão a fazer bombardeamentos na Síria desde há uma semana. O ministro da Defesa russo, Serguei Shoigou, já afirmou que os aparelhos tinham atacado 12 alvos desde o início da operação.

Entretanto, os russos usaram pela primeira vez mísseis, disparados a partir de navios no Mar Cáspio, para atingir alvos na Síria.

Desde 30 de setembro, dia do início dos bombardeamentos russos, a coligação realizou 43 ataques na Síria, segundo um levantamento feito pela AFP, com base nos comunicados diários da coligação.

Questionado sobre o número de vezes que a coligação teve de reorientar os seus aviões, o porta-voz esquivou-se a responder.

"Tivemos de mudar a rota do avião, isso ocorre milhares de vezes por dia no céu [norte-]americano", relativizou.

Revigorado pelo apoio dos bombardeamentos russos, o exército sírio lançou hoje uma vasta ofensiva terrestre no norte da província de Hama, no centro do país.

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".