sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Dois obuses explodem na embaixada da Rússia em Damasco

Dois obuses atingiram hoje de manhã a embaixada da Rússia em Damasco no momento em que, nas imediações, começava uma manifestação a favor do apoio de Moscovo ao regime sírio para combater o grupo Estado Islâmico. A Rússia afirma que se tratou de um "atentado terrorista".

Manifestação em Damasco a favor do apoio de Moscovo ao regime sírio para combater o grupo Estado Islâmico.

Manifestação em Damasco a favor do apoio de Moscovo ao regime sírio para combater o grupo Estado Islâmico.

EPA

De acordo com um fotógrafo da agência de notícias francesa AFP, a explosão dos dois obuses na embaixada criou pânico entre as cerca de 300 pessoas que se concentraram nas imediações para agradecer à Rússia a intervenção militar na Síria.

MNE russo diz que ataque à embaixada da Rússia foi "atentado terrorista"

O ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Serguei Lavrov, afirmou que o ataque de hoje contra a embaixada da Rússia na capital síria foi "um atentado terrorista" que visa "assustar" quem combate o terrorismo internacional.

"É evidente que foi um ataque terrorista para assustar os partidários da luta antiterrorista e os impedir de vencer os extremistas", disse Lavrov, numa conferência de imprensa em Moscovo.

O ministro acrescentou que as autoridades russas vão trabalhar com as sírias para determinar a autoria do ataque, que ocorreu quando decorria nas imediações da representação diplomática uma manifestação a favor da intervenção russa na Síria.

Lavrov, que hoje se vai reunir com o enviado especial da ONU à Síria, Staffan di Mistura, saudou os esforços do diplomata e reiterou que a Rússia "apoia ativamente" a abertura de um processo de resolução política do conflito e que está "a ajudar para superar os obstáculos colocados por alguns países".

O ministro reiterou por outro lado a sua satisfação por "a Rússia e os Estados Unidos terem conseguido elaborar um mecanismo para evitar incidentes indesejados" nos céus da Síria, mas disse-se "dececionado" que não tenham dado "o passo seguinte": "a coordenação real de todas as forças que lutam contra o terrorismo no território sírio".

A Rússia lançou a 30 de setembro uma campanha de bombardeamentos na Síria contra posições do grupo extremista Estado Islâmico, mas os Estados Unidos e aliados europeus acusam Moscovo de estar a tentar reforçar Bashar al-Assad, atacando grupos da oposição síria considerados moderados.

Lusa

  • As crianças e o frio. O que vestir
    1:58

    País

    O médico Pedro Ribeiro da Silva, da Direção-Geral da Saúde, aconselha especial cuidado com as extremidades do corpo - usar luvas e gorros. E demasiado agasalhadas pode levá-as a transpirar mais e, consequentemente, desidratar.

  • Mortágua acusa PSD de andar a brincar com a vida das pessoas
    0:47

    Opinião

    No Esquerda/Direita da SIC Notícias, António Leitão Amaro reafirmou ontem à noite que o PSD não é contra o aumento do salário mínimo mas contra a descida da TSU. Já Mariana Mortágua acusou os sociais-democratas de andar a brincar com a vida dos portugueses.

  • Pelo menos 30 mortos e 75 feridos em incêndio e derrocada de edifício em Teerão

    Mundo

    Pelo menos 30 bombeiros morreram esta quinta-feira e cerca de 75 pessoas ficaram feridas em Teerão, quando um edifício de 17 andares ruiu depois de ser consumido pelas chamas, noticiaram os meios de comunicação estatais iranianos. O edifício "Plasco" situa-se no centro da capital iraniana, a norte da zona do mercado.

    Em desenvolvimento

  • Os finalistas do Carro do Ano 2017 são...
    0:53

    Economia

    São sete os escolhidos pelos jurados do Carro do Ano, iniciativa do Expresso e da SIC Notícias. À final chegaram o Citroen C3 Pure Tech, o Hyundai IONIQ Hybrid Tech, da Kia o novo modelo Optima Sportwagon 1.7 CRDi GT Line, o Peugeot 3008 Allure 1.6 BlueHdi, o Renault Mégane Sport Tourer Energy dCI, o SEAT Ateca 1.6 TDI CR Style e ainda o Volvo V90.