sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Dois obuses explodem na embaixada da Rússia em Damasco

Dois obuses atingiram hoje de manhã a embaixada da Rússia em Damasco no momento em que, nas imediações, começava uma manifestação a favor do apoio de Moscovo ao regime sírio para combater o grupo Estado Islâmico. A Rússia afirma que se tratou de um "atentado terrorista".

Manifestação em Damasco a favor do apoio de Moscovo ao regime sírio para combater o grupo Estado Islâmico.

Manifestação em Damasco a favor do apoio de Moscovo ao regime sírio para combater o grupo Estado Islâmico.

EPA

De acordo com um fotógrafo da agência de notícias francesa AFP, a explosão dos dois obuses na embaixada criou pânico entre as cerca de 300 pessoas que se concentraram nas imediações para agradecer à Rússia a intervenção militar na Síria.

MNE russo diz que ataque à embaixada da Rússia foi "atentado terrorista"

O ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Serguei Lavrov, afirmou que o ataque de hoje contra a embaixada da Rússia na capital síria foi "um atentado terrorista" que visa "assustar" quem combate o terrorismo internacional.

"É evidente que foi um ataque terrorista para assustar os partidários da luta antiterrorista e os impedir de vencer os extremistas", disse Lavrov, numa conferência de imprensa em Moscovo.

O ministro acrescentou que as autoridades russas vão trabalhar com as sírias para determinar a autoria do ataque, que ocorreu quando decorria nas imediações da representação diplomática uma manifestação a favor da intervenção russa na Síria.

Lavrov, que hoje se vai reunir com o enviado especial da ONU à Síria, Staffan di Mistura, saudou os esforços do diplomata e reiterou que a Rússia "apoia ativamente" a abertura de um processo de resolução política do conflito e que está "a ajudar para superar os obstáculos colocados por alguns países".

O ministro reiterou por outro lado a sua satisfação por "a Rússia e os Estados Unidos terem conseguido elaborar um mecanismo para evitar incidentes indesejados" nos céus da Síria, mas disse-se "dececionado" que não tenham dado "o passo seguinte": "a coordenação real de todas as forças que lutam contra o terrorismo no território sírio".

A Rússia lançou a 30 de setembro uma campanha de bombardeamentos na Síria contra posições do grupo extremista Estado Islâmico, mas os Estados Unidos e aliados europeus acusam Moscovo de estar a tentar reforçar Bashar al-Assad, atacando grupos da oposição síria considerados moderados.

Lusa

  • Descobertos fósseis que podem provar existência de vida em Marte

    Mundo

    Fósseis com 3,77 mil milhões de anos, dos mais antigos já descobertos, foram identificados por cientistas de vários países na província do Quebec, no leste do Canadá. As descobertas coincidem no tempo com a altura em que Marte e a Terra tinham água líquida à superfície, o que levanta questões sobre a hipótese de vida extraterrestre.

  • As polémicas declarações de João Braga sobre os Óscares

    País

    A Associação SOS Racismo reagiu esta quarta-feira às palavras do fadista João Braga na sua página no Facebook, sobre a cerimónia de entrega dos Óscares, e disse esperar que a Comissão para a Igualdade e Contra a Discriminação Racial atue de forma exemplar face.

  • "Apelamos ao debate e somos criticados? Então m...."
    0:52
  • Oprah admite candidatar-se à Presidência dos EUA

    Mundo

    A apresentadora norte-americana Oprah Winfrey admitiu, numa entrevista, que a vitória de Donald Trump nas eleições presidenciais de novembro a fez considerar a possibilidade de entrar na corrida à Casa Branca.

  • Temperaturas recorde no "último lugar da Terra"

    Mundo

    A Organização Meteorológica Mundial (OMM) anunciou esta quarta-feira que se registaram nos últimos 37 anos temperaturas altas recorde na Antártida, num local que foi descrito como "o último lugar da Terra".