sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Rússia disposta a dar apoio aéreo a rebeldes sírios moderados

A força aérea russa está disposta a dar cobertura ao Exército Sírio Livre (ESL), oposição síria apoiada pelo Ocidente, na sua luta contra o grupo radical Estado Islâmico (EI), anunciou hoje o chefe da diplomacia da Rússia, Serguei Lavrov.

Chefe da diplomacia da Rússia, Serguei Lavrov (AP/ Arquivo)

Chefe da diplomacia da Rússia, Serguei Lavrov (AP/ Arquivo)

Ivan Sekretarev

"Estamos dispostos a apoiar também a oposição patriótica, incluindo o designado Exército Sírio Livre, a partir do ar", declarou numa entrevista à cadeia televisiva Rossiia 1.

"O principal para nós é aproximar as pessoas que podem, com autoridade plena, representá-los (os sírios) e representar os grupos armados que combatem o terrorismo", disse o ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, segundo o texto transcrito pela televisão.

A declaração surge um dia depois do anúncio de um acordo entre a Rússia e a Jordânia, que pertence à coligação anti-EI conduzida pelos Estados Unidos, para coordenação das "suas ações, incluindo as das respetivas forças aéreas, na Síria".

Lavrov e o homólogo americano John Kerry também chegaram a acordo na sexta-feira para explorar as novas possibilidades de se alcançar um acordo político no conflito na Síria, que já matou mais de 250.000 pessoas desde 2011.

Lusa

  • Sporting de Braga eliminado da Liga Europa
    2:01
  • Dissolução da União Soviética aconteceu há 25 anos

    Mundo

    Assinalam-se esta quinta-feira 25 anos desde o fim do acordo que sustentava a União Soviética. A crise começou em 80, mas aprofundou-se nos anos 90 com a ascensão de movimentos nacionalistas em praticamente todas as repúblicas soviéticas.