sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Dois atentados do EI no Iraque causam pelo menos 30 mortos

Pelo menos 30 pessoas, 25 das quais soldados e milicianos pró-governamentais, morreram hoje e 41 outras ficaram feridas em dois atentados suicidas do grupo radical Estado Islâmico (EI) no oeste do Iraque, disse uma fonte da segurança.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Thaier Al-Sudani / Reuters

Em declarações à agência noticiosa espanhola EFE, a fonte indicou que 15 soldados e milicianos morreram e 27 ficaram feridos quando um veículo com explosivos foi detonado na zona de Al-Buaiza, a noroeste de Ramadi, capital da província de Al-Anbar.

Após o atentado, registaram-se violentos confrontos entre as forças iraquianas e os 'jihadistas', tendo dezenas de combatentes sido abatidos e feridos e vários dos seus veículos destruídos.

O outro atentado ocorreu em Al-Buaziz, a noroeste de Faluja, situada a 50 quilómetros a oeste de Bagdad e também na província de Al-Anbar. A explosão de um carro bomba conduzido por um suicida matou 10 elementos do exército e de uma milícia pró-governamental e feriu sete.

A mesma fonte adiantou que cinco pessoas morreram num bombardeamento aéreo do exército iraquiano contra a zona de Al-Buasaf, a oeste de Ramadi, que está sob controlo dos 'jihadistas'.

As forças iraquianas lutam para recuperar o controlo de Al-Anbar desde que o EI tomou Ramadi em maio. O grupo 'jihadista' conquistou vastas zonas do Iraque em junho de 2014 e proclamou um califado nos territórios sob o seu controlo neste país e na vizinha Síria.

Lusa

  • Dono de submarino é o único suspeito da morte de jornalista sueca
    1:51

    Mundo

    A polícia dinamarquesa confirmou que o corpo decapitado encontrado junto ao mar, perto de Copenhaga, é o da jornalista sueca desaparecida há mais de 10 dias. Kim Wall estava a fazer uma reportagem sobre um submarino artesanal com o criador, que é agora o principal suspeito do crime. Parte do corpo foi encontrada na segunda-feira e identificada através de exames de ADN.