sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Pelo menos 43 elementos do regime sírio e 28 jihadistas morrem em combates nos ultimos 2 dias

Pelo menos 43 elementos das forças leais ao regime sírio e 28 jihadistas morreram em combates nas últimas 48 horas no sul da província síria de Alepo, palco de uma operação do grupo terrorista autodenominado Estado Islâmico.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Murad Sezer / Reuters

O Observatório Sírio dos Direitos Humanos informou hoje em comunicado que os confrontos começaram depois de o grupo Estado Islâmico ter lançado uma ofensiva a sul da cidade de Alepo, capital da província com o mesmo nome.

Os jihadistas tomaram o controlo de vários quilómetros da estrada de Janasir-Azariye, o que obrigou as tropas sírias e suas milícias a cortar a via, que é a única que liga as zonas controladas pelas autoridades em Alepo com os outros domínios no sul, centro e oeste da Síria.

O Estado Islâmico atacou as áreas de Al Sefaira, Tel Aren e Tel Hasel, localizadas na zona sueste de Alepo e que estão nas mãos das forças governamentais.

As Forças Armadas sírias, em colaboração com a aviação russa, iniciaram na semana passada um ataque nos arredores de Alepo, no âmbito da ofensiva que se desenvolve em várias províncias do país.

A Rússia começou a sua campanha de bombardeamento em território sírio no dia 30 de setembro, na sua primeira intervenção militar direta no país desde o início do conflito em 2011.

Lusa

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Segunda-feira no Jornal da Noite