sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Rússia colabora com coligação anti-Daesh se for respeitada soberania de Damasco

A Rússia declarou-se hoje pronta a cooperar com a coligação dirigida pelos Estados Unidos contra o grupo radical Daesh, auto-proclamado Estado Islâmico, na Síria na condição de ser respeitada a soberania das autoridades de Damasco.

© Leonhard Foeger / Reuters

"Estamos prontos para uma cooperação prática com os países da coligação e a trabalhar com eles para definir os pormenores, que, naturalmente, respeitariam a soberania da Síria e as prorrogativas do governo sírio", declarou o chefe da diplomacia russa, Serguei Lavrov, citado pelas agências noticiosas russas.

O ministro dos Negócios Estrangeiros russo declarou-se convencido que "com uma abordagem pragmática" poderá ser encontrada uma solução.

Após os atentados de sexta-feira em França, os ocidentais e a Rússia começaram a aproximar as suas posições sobre o dossier sírio e decidiram, com os parceiros do G20, reforçar a sua cooperação contra a ameaça 'jihadista'.

Mas Rússia e Irão de um lado e ocidentais e países árabes do outro continuam a discordar quanto ao futuro do presidente sírio, Bashar al-Assad.

"Assad representa os interesses de uma parte substancial da sociedade síria, é por isso que não chegaremos a uma resolução pacífica (do conflito) sem a sua participação", adiantou.

Lavrov lamentou que a vontade de cooperar contra o terrorismo só tenha aparecido "depois de uma tragédia", referindo-se aos atentados em Paris, reivindicados pelo Daesh, que causaram pelo menos 129 mortos.

"Espero que não estejamos à espera de mais desgraças (...) e que ajamos a montante, porque os terroristas não brigam entre eles e põem-se de acordo", disse ainda.

Lusa

  • Corpos de portuguesas trasladados segunda-feira 
    1:27
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • Estado vai tomar posse de terras abandonadas

    País

    O Governo vai recorrer ao Código Civil para permitir que o Estado tome posse de terras ao abandono. À margem da entrevista ao Expresso, o primeiro-ministro anunciou que o Governo irá acionar o artigo 1345º do Código Civil, que estabelece que as coisas imóveis sem dono conhecido se consideram do património do Estado.

  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22