sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Hollande e Cameron discutem hoje luta contra terrorismo

O presidente francês, François Hollande, recebe hoje no Eliseu o primeiro-ministro britânico, David Cameron, para discutirem a luta contra o terrorismo e a Síria, após os atentados de Paris, que causaram 130 mortos.

© Eric Gaillard / Reuters

Na sequência dos atentados reivindicados pelo grupo extremista Estado Islâmico (EI), Hollande defendeu a criação de uma coligação alargada para lutar contra os 'jihadistas' na Síria e no Iraque.

O encontro com Cameron, previsto para as 08:30 locais (07:30 em Lisboa), dá início a uma intensa semana de contactos diplomáticos. O presidente francês desloca-se a Washington e a Moscovo, para encontros com Barack Obama e Vladimir Putin, e recebe a chanceler alemã, Angela Merkel, em Paris.

O Reino Unido forneceu já uma fragata para integrar o grupo aeronaval liderado pelo porta-aviões francês Charles de Gaulle, que chegou no fim de semana ao Mediterrâneo oriental.

Por outro lado, Cameron pressiona no sentido de um maior envolvimento do seu país no combate contra os 'jihadistas' na Síria, mas enfrenta resistências no parlamento.

O Conselho de Segurança das Nações Unidas aprovou na sexta-feira por unanimidade uma resolução, apresentada pela França, autorizando "todas as medidas necessárias" para combater o EI.

O texto apela aos Estados-membros da ONU para "redobrarem e coordenarem os esforços para prevenir e reprimir ataques terroristas" cometidos por aquele grupo extremista, que o Conselho de Segurança classificou de "ameaça mundial e sem precedente contra a paz e a segurança internacionais".

Os atentados de 13 de novembro na capital francesa mataram 130 pessoas e deixaram feridas cerca de 350 pessoas.

Os "ataques terroristas sem precedentes no país", como foram classificados pelo presidente francês, ocorreram em vários locais de Paris, entre eles uma sala de espetáculos e o Estádio de França, onde decorria um jogo de futebol entre as seleções da casa e da Alemanha.

Lusa

  • Hollande e Cameron visitam Bataclan

    Ataques em Paris

    O Presidente francês, François Hollande, e o primeiro-ministro britânico, David Cameron, visitaram hoje de manhã ao Bataclan, a sala de espetáculos parisiense, alvo dos atentados terroristas de 13 de novembro, que fizeram 130 mortos.

  • Ministro garante segurança nas escolas com uso de poliuretano
    0:52

    País

    O ministro da Educação garante que as escolas estão em segurança e que não há perigo com um material como o poliuretano. Tiago Brandão Rodrigues respondia, esta quarta-feira, a uma pergunta dos Verdes sobre a substituição de amianto nas escolas.

  • Estoril garante que estrutura da bancada não está em causa
    2:23

    Desporto

    O Laboratório Nacional de Engenharia Civil deverá emitir esta quinta-feira um parecer preliminar sobre a bancada norte do estádio do Estoril-Praia. O clube garante que a estrutura não está em causa e que, tal como a câmara de Cascais, aguarda por conclusões para uma edificação feita no vale da Amoreira.

  • "Quem me dera que a bancada do Estoril fosse com o c......"

    Desporto

    Depois da polémica no jogo entre Estoril-Praia e FC Porto, um cântico polémico da claque do Sporting sobre a bancada do estádio António Coimbra da Mota que obrigou à interrupção do jogo da passada segunda-feira. Tudo aconteceu durante um jogo do campeonato de hóquei em patins entre leões e dragões.

  • Ronaldo estará mesmo de saída do Real Madrid
    2:01
  • Várias alternativas para vender a sua casa
    8:58
  • Encontradas 86 pedras preciosas numa casa em Albufeira
    0:48
  • Registada em vídeo explosão de meteoro nos EUA
    0:42
  • "A Rússia não nos ajuda nada na Coreia do Norte"

    Mundo

    O Presidente norte-americano, Donald Trump, condenou esta quarta-feira a postura da Rússia sobre a situação da Coreia do Norte, afirmando que o país está a minar os esforços internacionais em curso para isolar o regime de Kim Jong-Un.

  • Polícia descobre arte de esconder 750 quilos de droga em ananases
    2:25
  • Moscovo só teve seis minutos de luz solar em dezembro

    Mundo

    Os portugueses estão tão habituados ao sol, que nunca imaginariam passar um mês inteiro sem ele. O fenómeno aconteceu na capital russa. Moscovo bateu o recorde em dezembro, quando passou o mês inteiro sem luz solar direta. As pessoas de Moscovo viram o sol apenas durante seis minutos e a espreitar timidamente por entre as nuvens.

  • A maior lua de Saturno tem nível do mar tal como a Terra

    Mundo

    Titã, a maior lua de Saturno, tem uma altura média da superfície do mar, tal como a Terra, revela um estudo divulgado esta quarta-feira, que se baseia em observações feitas pela sonda norte-americana Cassini, cuja missão terminou em setembro.