sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Hollande e Cameron discutem hoje luta contra terrorismo

O presidente francês, François Hollande, recebe hoje no Eliseu o primeiro-ministro britânico, David Cameron, para discutirem a luta contra o terrorismo e a Síria, após os atentados de Paris, que causaram 130 mortos.

© Eric Gaillard / Reuters

Na sequência dos atentados reivindicados pelo grupo extremista Estado Islâmico (EI), Hollande defendeu a criação de uma coligação alargada para lutar contra os 'jihadistas' na Síria e no Iraque.

O encontro com Cameron, previsto para as 08:30 locais (07:30 em Lisboa), dá início a uma intensa semana de contactos diplomáticos. O presidente francês desloca-se a Washington e a Moscovo, para encontros com Barack Obama e Vladimir Putin, e recebe a chanceler alemã, Angela Merkel, em Paris.

O Reino Unido forneceu já uma fragata para integrar o grupo aeronaval liderado pelo porta-aviões francês Charles de Gaulle, que chegou no fim de semana ao Mediterrâneo oriental.

Por outro lado, Cameron pressiona no sentido de um maior envolvimento do seu país no combate contra os 'jihadistas' na Síria, mas enfrenta resistências no parlamento.

O Conselho de Segurança das Nações Unidas aprovou na sexta-feira por unanimidade uma resolução, apresentada pela França, autorizando "todas as medidas necessárias" para combater o EI.

O texto apela aos Estados-membros da ONU para "redobrarem e coordenarem os esforços para prevenir e reprimir ataques terroristas" cometidos por aquele grupo extremista, que o Conselho de Segurança classificou de "ameaça mundial e sem precedente contra a paz e a segurança internacionais".

Os atentados de 13 de novembro na capital francesa mataram 130 pessoas e deixaram feridas cerca de 350 pessoas.

Os "ataques terroristas sem precedentes no país", como foram classificados pelo presidente francês, ocorreram em vários locais de Paris, entre eles uma sala de espetáculos e o Estádio de França, onde decorria um jogo de futebol entre as seleções da casa e da Alemanha.

Lusa

  • Hollande e Cameron visitam Bataclan

    Ataques em Paris

    O Presidente francês, François Hollande, e o primeiro-ministro britânico, David Cameron, visitaram hoje de manhã ao Bataclan, a sala de espetáculos parisiense, alvo dos atentados terroristas de 13 de novembro, que fizeram 130 mortos.

  • Reclusos que fugiram de Caxias tiveram cúmplices
    1:59

    País

    Uma falha de Portugal poderá explicar a libertação de um dos dois chilenos que fugiram de Caxias e foram apanhados em Espanha. As autoridades portuguesas atrasaram-se a enviar o mandado de detenção e a polícia espanhola libertou o fugitivo. Na investigação da fuga, acredita-se que os 3 reclusos tiveram cúmplices e a namorada de um deles já foi interrogada.

  • Jovem indiano acorda a caminho do próprio funeral

    Mundo

    Um jovem indiano chocou os seus parente e amigos, depois de acordar no caminho para o seu próprio funeral. No mês antes, Kumar Marewad foi levado para o hospital após ser mordido por um cão de rua, ficando em estado grave.

  • Bilhete de desculpas valeu uma bolsa de estudo

    Mundo

    Um jovem chinês ganhou uma bolsa de estudos no valor de 10 mil yuan (cerca de 1.380 euros), depois de danificar acidentalmente um carro de luxo. Isto, porque após os estragos, o jovem deixou um bilhete de desculpas ao dono, assim como todo o dinheiro que tinha com ele, como compensação.