sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Hillary Clinton compromete-se a não enviar tropas para a Síria e Iraque

A aspirante a candidata democrata às presidenciais norte-americanas, Hillary Clinton, disse que o envio de tropas de combate para a Síria e Iraque para lutar contra o grupo extremista Estado Islâmico (Daesh) não será, para si, uma opção.

© Joshua Roberts / Reuters

"Bom, neste momento não consigo conceber qualquer circunstância em que concordaria fazê-lo porque acredito que a melhor maneira de derrotar o Estado Islâmico é, como já disse, a partir do ar, onde lideramos, no terreno, onde apoiamos, treinamos, equipamos, e no ciberespaço, onde, não nos esqueçamos, eles são poderosos adversários", afirmou na segunda-feira Clinton.

A democrata falou ao programa CBS This Morning, que divulgou alguns excertos da entrevista que será hoje transmitida na totalidade.

No mês passado, o Presidente Barack Obama autorizou o envio de mais de 50 forças de operações especiais para o norte da Síria, para funções de aconselhamento, para ajudar a coordenar grupos locais no terreno.

"Não sabemos ainda quantas forças especiais podem ser necessárias, quantos especialistas em treino, monitorização e apoio serão necessários, mas em termos de milhares de tropas de combate, como alguns republicanos recomendam, acho que isso não deve ser sequer abordado", disse Clinton.

"Concordo com o ponto de vista do Presidente de que não devemos voltar a colocar tropas de combate na Síria ou no Iraque. Não vamos fazer isso", concluiu.

Lusa

  • O que o mundo diz sobre o busto de Cristiano Ronaldo

    Desporto

    O Aeroporto Cristiano Ronaldo foi inaugurado esta quarta-feira. A notícia foi dada pelos meios de comunicação de todo o mundo, que não deixaram passar o busto do jogador português, apresentado pelo próprio. A estátua foi amplamente comentada e analisada, com palavras como "terrível", "duvidoso" e "bizarro".

    Ana Rute Carvalho

  • Mulher detida ao tentar atropelar polícias junto ao Capitólio, em Washington

    Mundo

    Agentes da polícia abriram fogo contra uma mulher (e não um homem, ao contrário do que inicialmente se disse) que conduzia um carro perto do Capitólio e tentava atropelá-los, segundo o Departamento da Polícia Metropolitana de Washington. A mulher foi detida mas a polícia garante que não se tratou de um ato terrorista.

  • A rã que brilha no escuro
    2:08
  • Indonésio encontrado dentro de cobra pitão

    Mundo

    Akbar Salubiro, de 25 anos, esteve perto de 24 horas desaparecido na remota ilha indonésia de Sulawesi. Acabou por ser encontrado um dia depois, no jardim da própria casa, dentro de uma pitão de 7 metros.