sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Conselho de Segurança organiza reunião inédita de ministros de Finanças

O secretário do Tesouro norte-americano, Jacob Lew, vai presidir a uma reunião inédita dos ministros das Finanças dos países com assento no Conselho de Segurança das Nações Unidas, para discutir o combate ao financiamento do terrorismo.

MIGUEL A. LOPES

O encontro, que decorre a 17 de dezembro na sede das Nações Unidas, em Nova Iorque, vai centrar-se no Daesh, e espera-se que dele resulte a adoção de uma resolução que permita bloquear as fontes de financiamento dos grupos terroristas, de acordo com um comunicado do Tesouro norte-americano.

Na mesma nota, a instituição realça que será a primeira vez que os países do Conselho de Segurança chama a reunir os seus ministros das Finanças, o que demonstra "o trabalho crescentemente especializado que é necessário para combater o terrorismo".

Cortar o acesso do Daesh ao sistema financeiro internacional e interromper o seu financiamento são medidas "críticas para de forma eficaz combater este violento grupo terrorista", declarou Lew na declaração.

"Uma frente internacional e unida é vital para atingir esse objetivo", acrescentou.

O Tesouro norte-americano desencadeou esforços significativos para rastrear e combater o financiamento do terrorismo desde que os Estados Unidos foram alvos de ataques da Al-Qaida em setembro de 2001.

Com Lusa

  • Família perde tudo na aldeia de Queirã
    2:32
  • Temperaturas sobem no fim de semana, risco de incêndio aumenta
    1:08

    País

    A chuva que caiu nos últimos dias não deverá ter impactos relevantes na dominuição da seca e, por isso, o risco de incêndios vai voltar a aumentar com nova subida das temperaturas. Os termómetros podem chegar aos 30 graus entre domingo e quarta-feira.

  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão