sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Mulher que participou no tiroteio na Califórnia jurou lealdade ao Daesh

A mulher que participou no tiroteio em San Bernardino, na na Califórnia, jurou lealdade aos terroristas do Daesh. Os investigadores dizem que Tashfeen Malik, de 27 anos, publicou na rede social Facebook uma mensagem durante o ataque.

O carro envolvido no tiroteio.

O carro envolvido no tiroteio.

© Mario Anzuoni / Reuters

Tashfeen Malik terá usado uma conta na rede social com outro nome, mas os investigadores não explicam como chegaram à conclusão de que era autora da publicação.

Sabe-se entretanto que a mulher, paquistanesa, viveu na Arábia Saudita quase 25 anos, mas regressou ao Paquistão para estudar e ser farmacêutica.

Tashfeen e o marido foram mortos depois de uma perseguição policial na quarta-feira. São os suspeitos do massacre que fez 14 mortos.

  • Estudante português desaparecido no mar Báltico

    País

    Um jovem português de 21 anos desapareceu na segunda-feira, dia 13 de novembro, enquanto fazia uma viagem de cruzeiro entre a cidade finlandesa de Helsínquia e a capital da Suécia, Estocolmo. As autoridades locais fizeram buscas na madrugada em que Diogo Penalva caiu ao mar Báltico, por volta das duas da manhã.

  • Político indiano oferece 1,3 milhões por decapitação de atriz

    Mundo

    Deepika Padukone é uma das personagens principais do filme que retrata a relação entre uma rainha hindu e um governante muçulmano. O filme enfureceu um político do Governo indiano, que ofereceu 1,3 milhões de euros como recompensa a quem decapitasse a atriz. A polícia já destacou agentes para proteger a atriz, bem como a sua família.