sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Célula do Daesh poderá estar na Tailândia para atacar russos

A Polícia da Tailândia afirmou hoje que conta com informações de que uma célula composta por dez membros do grupo extremista Daesh se encontra desde outubro no país com o objetivo de atentar contra cidadãos russos.

Foto de Abdelhamid Abaaoud, publicada na revista online Dabig, órgão de propaganda no Daesh, o autoproclamado Estado Islâmico.

Foto de Abdelhamid Abaaoud, publicada na revista online Dabig, órgão de propaganda no Daesh, o autoproclamado Estado Islâmico.

© Handout . / Reuters

A advertência consta de uma nota distribuída aos meios de comunicação social, em que a polícia tailandesa detalha que os serviços de informação de Moscovo informaram as autoridades locais para a presumível chegada de "jihadistas".

O movimento extremista Daesh reivindicou ter colocado uma bomba no avião russo que se despenhou em outubro, com 224 pessoas a bordo, no Sinai, depois de Moscovo ter iniciado ataques aéreos na Síria no mês anterior.

Apesar da advertência, a polícia tailandesa lançou um apelo à calma, dado que hoje se celebra o 88.º aniversário do rei Bhumibol que, com 70 anos no trono é o chefe de Estado há mais tempo no cargo.

Desfiles militares, festas populares e vigílias noturnas foram convocados em todo o país para comemorar a efeméride.

Lusa

  • Dois jovens atropelados mortalmente no concelho de Montemor-o-Velho
    2:20
  • Presidente de "O Sonho" suspeito de peculato e fraude
    2:26

    País

    O presidente das três instituições de solidariedade social de Setúbal - incluindo "O Sonho" -, que na sexta-feira foram alvo de buscas, foi constituído arguido. Florival Cardoso é, por enquanto, o único suspeito de peculato e fraude na obtenção de subsídios para as instituições.

  • Manifestação contra mina de urânio junta milhares em Salamanca
    1:39
  • Assalto a Tancos e roubo de armas da PSP podem estar relacionados
    1:24

    País

    O assalto a Tancos e o roubo de armas da PSP, três recuperadas na semana passada, podem estar relacionados. O semanário Expresso avançou este sábado que há suspeitos de terem participado nos dois assaltos e o grupo, ou parte dele, atua principalmente do Algarve, com possíveis ligações a outras organizações espalhadas pelo país ou até transacionais.

  • Cessar-fogo de 30 dias na Síria
    2:07