sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Daesh reivindica atentado que fez oito mortos no Iraque

Um atentado suicida que matou hoje pelo menos oito pessoas perto de uma mesquita xiita no leste de Bagdad foi reivindicado pelo grupo extremista Estado Islâmico (EI), informaram fontes médicas e das forças de segurança.

Reuters/Arquivo

Reuters/Arquivo

© Stringer . / Reuters

A explosão na área de Obeidi também deixou 19 pessoas feridas, segundo as autoridades locais de segurança.

O EI reivindicou o ataque num comunicado publicado na Internet, dizendo que o bombista suicida, identificado como Abu Salem, carregava um cinto com explosivos .

O grupo terrorista, que é composto por sunitas, considera os xiitas como heréticos e estes são frequentemente alvos de atentados.

O Daesh (acrónimo árabe que serve também para designar o EI) controla grandes áreas ao norte e a oeste de Bagdad desde o ano passado.

Atualmente, as forças iraquianas têm conseguido recuperar áreas ao norte da capital, mas grande parte do oeste do país continua nas mãos dos rebeldes do Estado Islâmico.

Lusa

  • Todos os distritos sob Aviso Amarelo devido ao frio

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera colocou Portugal continental sob Aviso Amarelo na quarta e na quinta-feira. Os termómetros vão estar abaixo de zero em todo o território, à exceção dos distritos de Lisboa, Porto e Faro.

  • Motim em prisão brasileira fez pelo menos 30 mortos
    1:09

    Mundo

    Um novo motim numa prisão brasileira fez pelo menos 30 mortos. A prisão, que é a maior do Estado do Rio Grande do Norte, tem capacidade para 600 reclusos mas acolhe quase o dobro. Após o motim de 14 horas, a polícia já tem o controlo total da prisão.

  • Aqui também se vive
    16:07
  • Austrália condena Japão por caça de baleias no Oceano Antártico

    Mundo

    O Governo da Austrália condenou hoje o Japão por retomar a caça de baleias no Oceano Antártico, após a divulgação de imagens de um cetáceo morto a bordo de um barco japonês que se encontrava em águas protegidas.O ministro do Ambiente, Josh Frydenberg, manifestou "profunda deceção", um dia depois de a organização Sea Shepherd divulgar fotografias e vídeos de uma baleia minke no barco japonês Nisshin Maru.