sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Daesh reivindica autoria de ataque que causou 15 mortos em cidade síria

Pelo menos 15 civis morreram este sábado após a explosão de um carro-bomba num quarteirão da cidade de Homs, na Síria, afirmou o governador da província de Homs e uma fonte médica. A autoria do ataque já foi reivindicada pelo Daesh, o autoproclamado Estado Islâmico.

© Omar Sanadiki / Reuters

"O atentado no quarteirão Zahra, em Homs, fez 15 mortos e pelo menos 64 feridos entre os civis", disse Talal Barazi à agência de notícias AFP, enquanto uma fonte médica, em Homs, afirmou que morreram 15 pessoas e que 100 ficaram feridas.

O Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH), pelo seu lado, avançou que pelo menos 16 pessoas morreram no atentado.

"Pelo menos 16 morreram devido à explosão e dezenas de outras ficaram feridas. Entre elas, algumas estão em estado grave", esclareceu a OSDH.

Zahra é um quarteirão de um bairro alauita de Homs, comunidade a que pertence o presidente sírio, Bachar al-Assad.

Os alauitas representavam um quarto da população da terceira maior cidade da Síria, Homs, antes do levantamento contra o regime em 2011.

Segundo o governador de Barazi, "um carro-bomba com 150 a 200 quilogramas de explosivos, rebentou perto do hospital de al-Ahli", nesse quarteirão do bairro.

O governador lamentou ainda as importantes perdas humanas e materiais, pois perto da zona onde explodiu o carro-bomba havia "um restaurante que tinha botijas de gás".

Lusa

  • A morte das sondagens foi ligeiramente exagerada

    Opinião

    Um atentado sem efeitos eleitorais, sondagens que acertaram em praticamente tudo, inexistência do chamado eleitorado envergonhado. E um candidato que se situa no centro político com fortíssimas hipóteses de vencer a segunda volta. As presidenciais francesas tiveram uma chuva de acontecimentos anormais, mas acabam por ser um choque de normalidade. Pelo menos até agora...

    Ricardo Costa

  • Pj ainda não fez detenções relacionadas com atropelamento de adepto italiano
    1:52

    Desporto

    As autoridades policiais confirmaram à SIC que o atropelamento que fez este sábado uma vítima mortal, junto ao Estádio da Luz, não terá sido acidental. A Policia Judiciária já saberá quem foi o autor do atropelamento. O homem faria parte do grupo de adeptos do Benfica, que se envolveram em confrontos com adeptos do Sporting.