sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Jihadistas ligados ao Daesh executam duas pessoas por bruxaria na Líbia

Membros do ramo líbio do movimento radical Daesh executaram no domingo à noite um cidadão líbio e uma mulher de origem árabe acusados de bruxaria na cidade de Sirte, foi hoje divulgado.

© Rodi Said / Reuters

Uma fonte da segurança daquela cidade costeira, um dos bastiões do grupo jihadista na Líbia disse à agência noticiosa espanhola EFE que as duas pessoas, igualmente acusadas de combaterem o califado, foram fuziladas na Praça dos Mártires, no centro de Sirte.

"Provavelmente a mulher executada é de nacionalidade sudanesa", adiantou a fonte, que não quis ser identificada.

Esta terá sido a segunda execução por bruxaria na Líbia nos últimos meses, depois da de dois clérigos líbios revelada pela agência de notícias local WAL.

Os grupos armados relacionados com o Daesh têm aumentado a sua influência e alargado o seu território na Líbia durante 2015, beneficiando do conflito entre os dois governos rivais.

Lusa

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".