sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Le Pen retira da conta de Twitter fotografia de jornalista decapitado

A líder da extrema-direita francesa Marine Le Pen retirou da sua conta de Twitter a fotografia do corpo decapitado do jornalista norte-americano James Foley, que foi executado pelo grupo extremista Daesh.

© Yves Herman / Reuters

"Eu não sabia que era uma foto de James Foley. Está acessível para todos no Google. Soube esta manhã [quarta-feira] pela sua família que me pediu que a retirasse. Claro que eu, imediatamente, a removi", disse à agência de notícias francesa AFP Marine Le Pen.

A líder da extrema-direita francesa tinha colocado na terça-feira três imagens de abusos levados a cabo pelo grupo extremista Daesh, protestando contra aquilo que considera de "vil paralelo" estabelecido entre o seu partido Frente Nacional e o Daesh.

As três imagens publicadas por Le Pen, acompanhadas pela frase "Daesh (EI) é isto!", correspondem à do piloto jordano queimado vivo, de um homem a ponto de ser esmagado por um tanque e à do jornalista americano James Foley.

Os pais de Foley manifestaram sua indignação com a publicação da imagem do corpo do filho decapitado e exigiram sua retirada imediata.

Lusa

  • Família do jornalista decapitado confirma a identidade de James Foley
    1:24

    Mundo

    A família do jornalista norte-americano decapitado pelo grupo terrorista Estado Islâmico já confirmou a identidade de James Foley no vídeo que foi divulgado. O jornalista desapareceu na Siria em 2012. Um dos homens que fala no vídeo tem sotaque britânico, o que levou o primeiro-ministro, David Cameron, a interromper as férias para apurar se se trata de um jihadista do Reino Unido.

  • O perfil do homicida de Barcelos
    2:42

    País

    Adelino Gomes Briote já tinha sido condenado por ofensas à integridade física da sogra e de uma filha. Em seis meses esta foi a segunda vez que o homem acusado do quádruplo homicídio em Barcelos esteve perante a justiça.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.

  • Milhares nas cerimónias fúnebres de dirigente do Hamas

    Mundo

    Milhares de palestinianos participaram nas cerimónias fúnebres de um dirigente do Hamas, assassinado esta sexta-feira, na Faixa de Gaza. Vários homens armados acompanharam o cortejo fúnebre até à mesquita, onde se fizeram as últimas orações.

  • Guerra na Síria não dá tréguas
    1:51

    Mundo

    Na Síria e ao mesmo tempo que decorrem novas negociações de paz, a guerra não dá tréguas. As imagens mostram o resultados dos últimos raides aéreos nos subúrbios de Damasco. O balanço provisório é de mais de 30 mortos e pelo menos 50 feridos.