sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Rússia apoia projeto de resolução dos EUA para cortar apoios ao Daesh

O Presidente russo afirmou hoje que Moscovo apoia o projeto de resolução apresentado pelos Estados Unidos para cortar os apoios financeiros ao grupo terrorista Daesh (autoproclamado Estado Islâmico).

© MAXIM ZMEYEV / Reuters

Numa conferência de imprensa, em Moscovo, Vladimir Putin afirmou também que os bombardeamentos que a Força Aérea russa está a efetuar na Síria estão a apoiar não só as tropas governamentais de Damasco como também as da oposição na luta contra o Daesh.

"Apoiamos a iniciativa dos Estados Unidos, que inclui a elaboração de uma resolução do Conselho de Segurança da ONU sobre a Síria", disse Putin, acrescentando que o projeto da declaração foi discutido com o secretário de Estado norte-americano, John Kerry, no início desta semana.

A resolução passa por aumentar as sanções ao Daesh e visa sobretudo cortar o acesso a meios financeiros por parte do grupo terrorista.

Sobre os bombardeamentos contra posições do Daesh na Síria, Putin salientou que a aviação russa está a apoiar as forças governamentais, bem como a oposição a Damasco que luta também contra o grupo.

"Com os bombardeamentos estamos a apoiar os esforços (da oposição síria) na luta contra o Daesh, da mesma forma que apoiamos o exército sírio", frisou o Presidente russo.

Lusa

  • Polícia belga deteve homem que conduzia entre a multidão em Antuérpia

    Mundo

    Foi hoje detido um homem que conduzia a alta velocidade contra uma multidão numa zona comercial de Antuérpia, na Bélgica. O suspeito já foi identificado, é francês e tinha várias armas no carro. As autoridades francesas suspeitam que o homem estava bêbedo e a tentar escapar à polícia, mas as autoridades belgas ainda não confirmaram esta versão.

    Em desenvolvimento

  • Neve corta estradas em Viseu
    2:04
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • As vantagens de comprar online
    8:03