sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Suspeito de planear ataque terrorista em nome do Daesh detido em Nova Iorque

Um homem de 25 anos foi hoje detido e acusado de planear um ataque terrorista, em nome do Daesh, na noite de Ano Novo em Rochester, Nova Iorque, anunciaram as autoridades norte-americanas.

JASON SZENES

Emanuel Lutchman foi acusado de tentar fornecer material de apoio ao Daesh, adiantou o Departamento de Justiça norte-americano citado pela AFP.

Perante esta acusação, se for condenado, Lutchman pode enfrentar uma pena que pode chegar aos 20 anos de prisão.

As autoridades adiantaram que o suspeito, que afirma ter recebido orientações de um operacional do Daesh no estrangeiro, pretendia levar a cabo um ataque armado contra civis num restaurante/bar localizado em Rochester, Nova Iorque, na noite de Ano Novo.

O seu plano era para ser levado a cabo "em nome do Estado Islâmico e com o objetivo de se juntar ao Daesh no estrangeiro", segundo uma declaração das autoridades.

O procurador federal que lidera o processo afirmou que a detenção envia uma mensagem a todos os outros que estejam a considerar possíveis ataques inspirados no grupo jihadista.

Lutchman é um muçulmano por conversão com um registo criminal que remonta há quase dez anos, e que inclui uma condenação por roubo, segundo documentos do tribunal.

Rochester é uma cidade localizada na parte oeste do estado de Nova Iorque, a mais de 500 quilómetros de Manhattan.

Na Europa, Paris e Bruxelas cancelaram os festejos de Ano Novo devido a alertas de possíveis ataques terroristas nesta noite.

Milhares de polícias estão de prontidão para a noite de Ano Novo, incluindo na cidade de Nova Iorque, onde os milhares esperados na praça de Times Square serão vigiados pelas forças de segurança, incluindo os elementos de uma nova força antiterrorismo.

Lusa

  • Younes Abouyaaqoub, o homem mais procurado de Espanha
    1:53
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22