sicnot

Perfil

Daesh

Homem abatido pela polícia em Paris usava falso cinto de explosivos

Homem abatido pela polícia em Paris usava falso cinto de explosivos

O Governo francês confirma que o homem abatido a tiro pela polícia hoje, em frente de uma esquadra da polícia de Paris, estava armado com uma faca e tinha um cinto de explosivos falso. O incidente aconteceu num dos bairros mais problemáticos da capital francesa. As autoridades adiantaram ainda que o homem que foi abatido transportava uma folha de papel com a bandeira do Daesh.

  • Homem abatido em Paris em frente a esquadra

    Mundo

    Um homem munido de uma faca e de um falso colete de explosivos foi abatido a tiro por agentes da polícia, hoje, em frente de uma esquadra do 18º bairro de Paris, no norte da cidade, quando tentava entrar no edifício. Um segundo indivíduo suspeito poderá ainda estar a monte, o que levou as autoridades a montarem um perímetro da segurança, conforme relatou o repórter Daniel Ribeiro, correspondente do Expresso em Paris.

  • Mais de 2 mil bombeiros combatem as chamas esta manhã

    País

    Mais de 2 mil bombeiros combatem esta manhã os incêndios em Portugal continental. Os dois fogos de maiores dimensões lavram nos distritos de Santarém e Castelo Branco, de acordo com o site Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

    Em atualização

  • Incêndios causaram 76 feridos no espaço de uma semana
    0:34

    País

    No espaço de uma semana, 76 pessoas ficaram feridas, incluindo seis com gravidade, durante os incêndios florestais. Na conferência de imprensa desta tarde, a Proteção Civil explicou que há cinco planos municipais de emergência ativos por causa das chamas.

  • Marine devolve bandeira do Japão 73 anos depois 
    2:13

    Mundo

    Setenta e três anos depois da batalha mais sangrenta do Pacífico, um veterano dos Estados Unidos cumpriu uma promessa pessoal. Marvin Strombo devolveu à família a bandeira da sorte de um soldado japonês, morto em 1944, em Saipan, na II Guerra Mundial. 

  • Autoridades usam elefantes para resgatar pessoas das cheias na Ásia
    1:31

    Mundo

    Mais de 215 pessoas morreram nas inundações que estão a devastar o centro da Ásia, e estima-se que três milhões tiveram de abandonar as casas. As autoridades estão a usar elefantes para resgatar locais e turistas das zonas mais afetadas e avisam que há dezenas de pessoas desaparecidas.