sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Coligação liderada por EUA focada em destruir o dinheiro do Daesh

O esforço norte-americano para combater os 'jihadistas' do movimento extremista autoproclamado Daesh no Iraque e na Síria tem agora um novo foco: atacar "o dinheiro do Daesh".

Carolyn Kaster

O Daesh (uma expressão que é usada em árabe em referencia ao grupo), tem vindo a acumular milhões de dólares na moeda local e dólares em todo o Iraque e Síria, devido, em grande parte, à venda ilícita de petróleo.

O coronel Steve Warren, porta-voz da coligação liderada pelos Estados Unidos que combate o Daesh desde agosto de 2014, disse que nove ataques no Irão e na Síria nos últimos meses levaram a distribuição de "dezenas de milhões de dólares" do dinheiro do Daesh.

"Atacar estes locais de recolha de dinheiro atinge o inimigo", afirmou Steve Warren aos jornalistas, numa videoconferência, através de Bagdad.

"Eles trabalham com dinheiro, não há crédito no Daesh", acrescentou, lembrando que o grupo extremista ocupou grandes regiões na Síria e no Iraque em 2014 e 2015.

As forças armadas norte-americanas divulgaram vídeos de ataques aéreos do que dizem ser caixas de recolha de dinheiro. No vídeo de um ataque em Mossul no início deste mês, podem ser vistos vestígios de dinheiro a flutuar no ar.

A coligação atacou outra 'caixa' em Mossul na segunda-feira, acrescentou o porta-voz.

As provas da coligação mostram que este foco no financiamento do Daesh, combinado com a continuação dos ataques aos camiões que transportam o petróleo, está a fragilizar os 'jihadistas'. Segundo a imprensa, os líderes do movimento extremista tiveram de reduzir o vencimento dos combatentes em 50%.

Lusa

  • "Miúdos de 5 e 6 anos a perguntar: a minha casa ardeu, o meu pai está queimado?"
    4:55
  • Presidente visita zonas afetadas pelos fogos
    2:00

    País

    Numa visita inesperada, o Presidente da República esteve esta manhã em Vouzela, um dos concelhos mais atingidos pelos incêndios. Marcelo Rebelo de Sousa vai estar nos próximos dias no distrito de Viseu.

  • Duas opções do círculo mais próximo de António Costa
    1:41
  • O clube de amigos de António Costa

    Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • "Viverei com o peso na consciência até ao último dia"
    3:00
  • A fotografia que está a correr (e a impressionar) o Mundo

    Mundo

    A fotografia de uma cadela a carregar, na boca, o cadáver calcinado da cria está a comover o mundo. Entre as muitas fotografias que mostram o cenário causado pelos incêndios que devastaram a Galiza nos últimos dias, esta está a causar especial impacto. O registo é do fotógrafo Salvador Sas, da agência EFE. A imagem pode impressionar os mais sensíveis.

  • Tondela corta relações institucionais com Belenenses

    Desporto

    O Tondela anunciou esta quinta-feira o corte de relações institucionais com o Belenenses, que vai defrontar no domingo para a nona jornada da I Liga de futebol, na sequência do diferendo pelo não adiamento do jogo devido aos incêndios.

  • SC Braga recebe o Ludogorets
    2:03

    Liga Europa

    O Sporting de Braga recebe hoje o Ludogorets. Abel Ferreira destaca a capacidade física e ofensiva do adversário e quer um Braga a jogar com intensidade para vencer o atual campeão da Bulgária.