sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Perto de 22 mil combatentes do Daesh abatidos desde 2014

Perto de 22 mil combatentes do grupo extremista Estado Islâmico foram mortos pela coligação liderada pelos Estados Unidos desde o verão de 2014, disse hoje o ministro da Defesa francês, Jean-Yves Le Drian.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Stringer . / Reuters

"Há um número dado pela coligação. Isto é, 22 mil mortes desde o início das operações" no Iraque e na Síria, afirmou o ministro em declarações ao canal de notícias France24.

Dos 22 mil combatentes, cerca de mil foram mortos em ataques do exército francês, que realizou entre cinco e 15% dos ataques da coligação.

O ministro da Defesa francês afirmou também que o número de combatentes do grupo extremistas ronda os 35.000, incluindo pelo menos 12.000 estrangeiros.

"O Estado Islâmico está numa situação de fragilidade, mas temos de ter cuidado", disse o ministro, acrescentando que os combatentes misturam-se com as populações civis para se protegerem.

Lusa

  • O primeiro eclipse solar do ano
    0:57
  • O Nokia 3310 está de volta
    1:16

    Economia

    A Nokia chegou a ser uma das maiores empresas do mundo devido ao fabrico de telemóveis. Caiu, mas acaba de fazer renascer um dos sucessos de vendas do início do milénio. O anúncio foi feito este domingo, em Barcelona.