sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Perto de 22 mil combatentes do Daesh abatidos desde 2014

Perto de 22 mil combatentes do grupo extremista Estado Islâmico foram mortos pela coligação liderada pelos Estados Unidos desde o verão de 2014, disse hoje o ministro da Defesa francês, Jean-Yves Le Drian.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Stringer . / Reuters

"Há um número dado pela coligação. Isto é, 22 mil mortes desde o início das operações" no Iraque e na Síria, afirmou o ministro em declarações ao canal de notícias France24.

Dos 22 mil combatentes, cerca de mil foram mortos em ataques do exército francês, que realizou entre cinco e 15% dos ataques da coligação.

O ministro da Defesa francês afirmou também que o número de combatentes do grupo extremistas ronda os 35.000, incluindo pelo menos 12.000 estrangeiros.

"O Estado Islâmico está numa situação de fragilidade, mas temos de ter cuidado", disse o ministro, acrescentando que os combatentes misturam-se com as populações civis para se protegerem.

Lusa

  • Polícia belga deteve homem que conduzia entre a multidão em Antuérpia

    Mundo

    Foi hoje detido um homem que conduzia a alta velocidade no meio da multidão numa zona comercial de Antuérpia, na Bélgica. O suspeito já foi identificado, é francês e tinha várias armas no carro. As autoridades francesas suspeitam que o homem estava bêbedo e a tentar escapar à polícia, mas as autoridades belgas ainda não confirmaram esta versão.

    Em desenvolvimento

  • Neve corta estradas em Viseu
    2:04
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • As vantagens de comprar online
    8:03