sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Número de mortos em bombardeamento em Alepo aumentou para 44

O número de civis mortos na quarta-feira em ataques russos em zonas controladas pelo grupo extremista Daesh no norte da Síria subiu de 12 para 44, de acordo com o Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

© Abdalrhman Ismail / Reuters

Segundo o Observatório, 29 civis, incluindo três crianças e nove mulheres, foram mortas em ataques em várias aldeias controladas pelo Daesh na província de Deir Ezzor (leste).

Outros 15 civis foram também mortos pela aviação russa em ataques à cidade de Al-Bab, bastião do Daesh na província a norte do Aleppo e arredores, refere o Observatório.

"Os ataques causaram também dezenas de feridos", segundo a mesma fonte.

Localizado a 30 km a sul da fronteira com a Turquia, Al-Bab caiu nas mãos dos rebeldes em julho de 2012.

Atualmente, a força aérea nacional e a da Rússia estão a bombardear alvos do Daesh e de outras organizações armadas, na Síria.

Além disso, os aviões da coligação internacional contra o Daesh, liderada pelos Estados Unidos, também estão a efetuar ataques aéreos no país, contra as posições dos extremistas.

Lusa

  • Bombardeamento em Aleppo, na Síria, faz 12 mortos

    Mundo

    Pelo menos 12 civis morreram, na noite de hoje, devido a bombardeamentos de aviões de guerra de origem desconhecida, em zonas controladas pelo grupo extremista Daesh na província de Aleppo, avança o Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

  • Sporting de Braga eliminado da Liga Europa
    2:01
  • Dissolução da União Soviética aconteceu há 25 anos

    Mundo

    Assinalaram-se esta quinta-feira 25 anos desde o fim do acordo que sustentava a União Soviética. A crise começou em 80, mas aprofundou-se nos anos 90 com a ascensão de movimentos nacionalistas em praticamente todas as repúblicas soviéticas.