sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Libertados 16 cristãos assírios raptados pelo Daesh há quase um ano na Síria

O grupo extremista Daesh (autodenominado Estado Islâmico) libertou hoje 16 cristãos assírios que pertenciam a um grupo de mais de 200 que tinha sido sequestrado há quase um ano no nordeste da Síria, segundo uma organização não-governamental local.

Cristão assírios rezam pelos que foram raptados pelos terroristas do Daesh, numa igreja perto de Damasco.

Cristão assírios rezam pelos que foram raptados pelos terroristas do Daesh, numa igreja perto de Damasco.

© Omar Sanadiki / Reuters

Os reféns, incluindo nove mulheres e vários menores de idade, foram libertados pelos jihadistas na província síria de Al Hasaka, referiu a organização, que não esclareceu se existiu o pagamento de um resgate.

A mesma fonte recordou que mais de 200 cristãos assírios foram raptados em finais de fevereiro de 2015 na povoação de Tel Tamr e em outras localidades da província de Al Hasaka, onde reside uma grande comunidade desta minoria étnica de confissão cristã.

Ao longo dos últimos meses, o grupo sunita radical tem libertado pequenos grupos de reféns cristãos assírios.

Antes do início do conflito civil na Síria, em março de 2011, cerca de 200.000 assírios habitavam naquele país, mas o seu número foi entretanto reduzido para cerca de 15.000 a 20.000, em particular devido ao êxodo das suas populações. Esta comunidade também está presente no Iraque e na Turquia.

O seu idioma, o assírio, é uma mistura de acádio, uma antiga língua da Mesopotâmia, e de aramaico, que também se utiliza na liturgia.

De confissão cristã, são seguidores das igrejas caldeia, siríaca ortodoxa (igreja ortodoxa jacobita) e assíria do leste.

Lusa

  • Passos explica porque se sentiu irritado com Costa
    0:42

    Economia

    Depois das imagens em que surgiu visivelmente irritado com António Costa, no último debate quinzenal, Passos Coelho veio agora explicar porquê. Na discussão com o primeiro-ministro, o líder do PSD não gostou que Costa tivesse insinuado que a fuga de 10 mil milhões de euros para offshores tenha ocorrido por inação do Governo anterior.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o Presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas de que foi alvo.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato.