sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

França e Bélgica acertam estratégias de combate ao terrorismo

Depois dos atentados de Paris, a França e a Bélgica acertam estratégias de combate ao terrorismo. O primeiro-ministro belga recebeu o francês Manuel Valls esta tarde em Bruxelas, num encontro marcado para discutir um reforço da cooperação entre os dois países.

© Jacky Naegelen / Reuters

Na reunião participaram ainda os ministros com as pastas do Interior e da Justiça. A convicção do governo francês é que o Daesh vai continuar a atacar.

Valls avisou que a questão é saber onde e quando. Manter o alerta antiterrorista elevado é importante. Devido à ameaça terrorista e crise dos migrantes, foram vários os países europeus que aumentaram a despesa com segurança.

Além da França e da Bélgica, também o Reino Unido e a Alemanha reforçaram as patrulhas com mais agentes e nas ruas. Também esta segunda-feira, na sequência de informações sobre a presença de suspeitos de pertencerem ao grupo radical islâmico em campos de refugiados, Itália garantiu a França que estava vigilante.

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.