sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Coligação contra o Daesh reúne-se em Roma

A coligação contra o grupo 'jihadista' Estado Islâmico liderada pelos Estados Unidos vai reunir-se hoje em Roma, com a participação do secretário de Estado norte-americano, John Kerry.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Stringer . / Reuters

"Os parceiros da coligação vão examinar os progressos alcançados até à data e debater formas de intensificar compromissos em todas as linhas de esforço, com vista a derrotar este grupo terrorista", informou o Departamento de Estado.

A coligação de várias potências, principalmente ocidentais e árabes, tem vindo a treinar e armar o governo iraquiano e as forças rebeldes sírias para combater a organização extremista, enquanto leva a cabo ataques aéreos.

Segundo o Departamento de Estado dos EUA, os membros da coligação representados incluem: Austrália, Bahrein, Bélgica, Grã-Bretanha, Canadá, Dinamarca, Egipto, União Europeia, França, Alemanha, Iraque, Itália, Jordânia, Koweit, Nova Zelândia, Países Baixos, Noruega, Qatar, Arábia Saudita, Espanha, Suécia, Turquia e Emirados Árabes Unidos.

Por seu lado, as Nações Unidas vão enviar observadores.

As autoridades estão também a considerar uma possível intervenção contra o grupo 'jihadista' na Líbia, sendo que, após a reunião em Roma, Kerry ruma a Londres, para uma conferência de países doadores com vista a ajudar à reconstrução daquele país.

Lusa

  • Hoje é notícia

    País

    A Direção-Geral do Orçamento divulga a síntese de execução orçamental em contas públicas do primeiro trimestre, sendo que o Governo pretende reduzir o défice para 0,7% do PIB em contabilidade nacional em 2018. O secretário-geral do PS, António Costa, apresenta a moção de orientação política que irá levar ao congresso do partido, marcado para maio. O BCE deverá deixar as taxas de juro inalteradas na reunião de política monetária de hoje, em Frankfurt.

  • O portal onde pode consultar certidões e outros documentos sem sair de casa
    7:37
  • Presidente da Comunidade de Madrid demite-se depois da divulgação de vídeo de roubo
    1:27