sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Pelo menos 10 mortos num ataque suicida em Damasco

A explosão de um carro armadilhado hoje em Damasco fez pelo menos 10 mortos e 20 feridos.

A explosão em Damasco fez pelo menos 10 mortos e 20 feridos (Arquivo)

A explosão em Damasco fez pelo menos 10 mortos e 20 feridos (Arquivo)

© Omar Sanadiki / Reuters

Um bombista suicida do Daesh (autoproclamado Estado Islâmico) fez explodir um veículo junto à garagem do clube de oficiais da polícia no distrito de Barze, em Damasco.

Segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos, há pelo menos 10 mortos, entre os quais oito agentes da autoridade, e 20 feridos.

O grupo terrorista Daesh já reinvindicou o atentado e prometeu novos ataques através da rede social Twitter ao informar que a explosão foi liderada por Abu Abdul-Rahman al-Shami.

Este ataque ocorreu um dia depois do Human Rights Group acusar as forças governamentais sírias e o exército russo de recorrerem a bombas de fragmentação em pelo menos 14 dos ataques nas últimas duas semanas que já mataram 37 civis, incluindo seis mulheres e nove crianças. Estas bombas de fragmentação têm sido utilizadas recentemente em vários conflitos mundiais, como na Líbia liderado por Muammar Kadhafi ou em Israel através do grupo terrorista Hezbollah, que em 2006 lançaram mais de 4 milhões de bombas.