sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Três mortos em ataque a hospital na Síria apoiado pelos Médicos Sem Fronteiras

Três pessoas morreram e seis ficaram feridas no bombardeamento aéreo de um hospital apoiado pelos Médicos Sem Fronteiras (MSF) em Tafas, no sul da Síria, anunciou hoje a organização em comunicado.

Desde março de 2011, início da guerra na Síria, 177 hospitais foram destruídos e perto de 700 profissionais de saúde foram mortos.

Desde março de 2011, início da guerra na Síria, 177 hospitais foram destruídos e perto de 700 profissionais de saúde foram mortos.

© Alaa Faqir / Reuters

"O ataque ao hospital, a cerca de 12 quilómetros da fronteira com a Jordânia, ocorreu na noite de 5 de fevereiro. Provocou danos no edifício e deixou inoperacional o muito utilizado serviço de ambulâncias", lê-se no comunicado.

Mais de 20.000 habitantes de Tafas, na província de Deraa, fugiram da localidade nos últimos dias devido aos bombardeamentos.

"O hospital foi a mais recente instalação médica a ser atingida numa série de ataques aéreos no sul da Síria", acrescentou, sem precisar quem realiza os ataques.

Em janeiro, uma organização humanitária síria informou que, desde o início da guerra, em março de 2011, 177 hospitais foram destruídos e quase 700 profissionais de saúde mortos.

E desde janeiro, segundo a MSF, 13 centros de saúde e hospitais foram atingidos por bombardeamentos.

Lusa

  • Luaty Beirão satisfeito com sinais de mudança de paradigma em Angola
    4:03

    Mundo

    Sete meses depois da tomada de posse de João Lourenço como presidente de Angola, o país vive um tempo de revoluções. Mudanças inéditas que, nas palavras do ativista Luaty Beirão, permitem ter esperança num futuro melhor. O músico esteve em Lagos, a convite da Câmara Municipal, para falar sobre Livros e Liberdade.

  • O portal onde pode consultar certidões e outros documentos sem sair de casa
    7:37
  • Presidente da Comunidade de Madrid demite-se depois da divulgação de vídeo de roubo
    1:27