sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Três mortos em ataque a hospital na Síria apoiado pelos Médicos Sem Fronteiras

Três pessoas morreram e seis ficaram feridas no bombardeamento aéreo de um hospital apoiado pelos Médicos Sem Fronteiras (MSF) em Tafas, no sul da Síria, anunciou hoje a organização em comunicado.

Desde março de 2011, início da guerra na Síria, 177 hospitais foram destruídos e perto de 700 profissionais de saúde foram mortos.

Desde março de 2011, início da guerra na Síria, 177 hospitais foram destruídos e perto de 700 profissionais de saúde foram mortos.

© Alaa Faqir / Reuters

"O ataque ao hospital, a cerca de 12 quilómetros da fronteira com a Jordânia, ocorreu na noite de 5 de fevereiro. Provocou danos no edifício e deixou inoperacional o muito utilizado serviço de ambulâncias", lê-se no comunicado.

Mais de 20.000 habitantes de Tafas, na província de Deraa, fugiram da localidade nos últimos dias devido aos bombardeamentos.

"O hospital foi a mais recente instalação médica a ser atingida numa série de ataques aéreos no sul da Síria", acrescentou, sem precisar quem realiza os ataques.

Em janeiro, uma organização humanitária síria informou que, desde o início da guerra, em março de 2011, 177 hospitais foram destruídos e quase 700 profissionais de saúde mortos.

E desde janeiro, segundo a MSF, 13 centros de saúde e hospitais foram atingidos por bombardeamentos.

Lusa

  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52