sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Daesh reivindica duplo atentado em Damasco que fez mais de 60 mortos

O grupo extremista do Estado Islâmico reivindicou hoje o duplo atentado suicida perto de um santuário no sul de Damasco, na Síria, que fez pelo menos 62 mortos, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

© Omar Sanadiki / Reuters

Esta organização tinha já adiantado que houve quatro explosões perpetradas na zona de Sayida Zeinab, de maioria xiita, na periferia sul de Damasco.

Na altura, o Observatório Sírio de Direitos Humanos tinha dado conta de pelo menos 31 mortes, mas admitiu que o número podia aumentar, tendo em conta a gravidade dos feridos.

O Observatório disse que duas das explosões foram provocadas por terroristas suicidas e que as outras duas tiveram origem num carro bomba ou noutro artefacto.

A estação televisiva estatal, por seu lado, noticiou que "os ataques aconteceram quando os alunos estavam a sair da escola", acrescentando que "vários foram mortos".

Lusa

  • País

    Caiu um helicóptero que estava a operar no combate aos incêndios em Cabril, no concelho de Castro Daire. As autoridades ainda não terão conseguido chegar ao local da queda. O piloto era o único ocupante do aparelho, que se incendiou logo após a queda.

    Em atualização

  • Negligência é a principal causa dos incêndios
    1:32

    País

    A Polícia Judiciária deteve mais dois suspeitos de fogo posto este fim de semana. Ao todo já foram detidas pelo menos 99 pessoas pelas autoridades desde o início do ano, a maioria suspeitas de agirem intencionalmente. Mas desde 1 de janeiro até meados deste mês, dos 8 mil incêndios investigados pela GNR, mais de 3.300 tiveram causa negligente. 

  • Concentração de motos em Góis
    2:28

    País

    Durante este fim de semana, decorre uma das concentrações de motards mais concorridas do país. A organização esperava cerca de 20 mil visitantes em Góis.

  • Um encontro português (e inesperado) em alto mar
    2:38