sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Confrontos entre milicianos e apoiantes de governo de Tripoli fazem 7 mortos

Confrontos ocorridos entre alegados milicianos do autoproclamado Estado Islâmico e fiéis ao governo líbio instalado em Tripoli, na cidade de Sabratah, a cem quilómetros da capital, causaram seis mortos entre os primeiros.

© Ismail Zetouni / Reuters

Fontes oficiais adiantaram à Efe que também morreu um miliciano pró governamental, além de outros que ficaram feridos.

Há também a registar a morte de uma mãe e dois filhos, com a mulher a imolar-se depois de conhecer o estado dos filhos.

A região de Sabratah, a escassos 150 quilómetros da fronteira com a Tunísia, é palco de combates desde que há duas semanas aviões de combate dos EUA mataram 150 pessoas, na sua maioria tunisinos, num bombardeamento de alegados alvos do ramo líbio daquele grupo.

O Pentágono explicou o ataque com o objetivo de matar Nourdine Chouchane, um conhecido dirigente extremista tunisino, que é acusado de instigar dois dos três atentados ocorridos em Tunes em 2015 e lutar nas fileiras do grupo na Síria e no Iraque.

Pouco depois, tropas do governo de Tripoli prosseguiram com a operação por terra contra a citada célula em Sabratah, o que colocou as forças tunisinas em estado de alerta, por receio de que os milicianos do grupo fugissem para a Tunísia.

As zonas desérticas do sul da Tunísia, que se entendem entre a Líbia e a Argélia, tornaram-se nos últimos anos um local de encontro e passagem de centenas de milicianos e candidatos a milicianos, procedentes de todos os pontos do Sahel e do norte de África, que pretendem juntar-se à luta armada na Líbia.

Este país é um Estado falhado, mergulhado no caos e na guerra civil, desde que em 2011 a NATO contribui militarmente para a vitória dos rebeldes sobre o agora extinto regime Muammar Kadhafi.

Nos últimos anos, milícias radicais têm aproveitado o conflito político entre os governos rivais de Tripoli e Tobruk para se instalarem em diversas partes da Líbia, instalar um bastião no porto mediterrânico de Sirte e estender a instabilidade ao resto do Norte de África, designadamente à Tunísia.

Lusa

  • Os melhores do mundo pela FIFA da última década

    Desporto

    O português Cristiano Ronaldo e o argentino Lionel Messi têm repartido de forma igual os prémios de melhor jogador do mundo pela FIFA, na última década. Apesar destes dois nomes serem os mais falados, muitos outros jogadores foram nomeados para o prémio. Conheça a lista dos nomeados e dos vencedores desde 2007.

  • Tudo o que precisa saber sobre a moção de censura

    País

    O Governo minoritário do PS enfrenta na terça-feira a sua primeira moção de censura, a 29.ª em 43 anos de democracia, mas PCP, BE e PEV já anunciaram que vai "chumbar" a iniciativa do CDS-PP. Esta é a sétima moção de censura apresentada pelo CDS-PP e a 29.ª a ser discutida na Assembleia da República. Os três partidos de esquerda que têm apoiado o executivo, PCP, BE e PEV, já anunciaram que votam contra. Com os votos do PS, a moção é chumbada.

  • "Avançámos em primeiro lugar com incentivos às empresas"
    18:07

    Economia

    O ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, esteve na Edição da Noite da SIC Notícias para falar do que pode ser feito depois da tragédia dos incêndios que assolou o país na última semana. O governante diz que já avançou com incentivos às empresas afetadas e que neste momento o mais importante é preservar a segurança das pessoas.

    Entrevista SIC Notícias

  • Santana Lopes lamenta que Rui Rio tenha recusado debates com as bases do PSD
    0:40

    País

    Pedro Santana Lopes lamenta que Rui Rio tenha recusado a realização de debates com as bases do partido. Fernando Negrão, responsável pela candidatura de Santana Lopes à presidência do PSD, já tinha advertido em comunicado que a posição de Rui Rio poderia também inviabilizar quaisquer outros frente a frente, incluindo os organizados pela comunicação social. Santana Lopes está na Guarda, no primeiro jantar com apoiantes desde que anunciou a candidatura.

  • Gémeas correm risco de vida se não saírem de Gaza

    Mundo

    Duas irmãs gémeas siamesas correm risco de vida enquanto permanecerem em Gaza. Quem diz é o médico Alam Abu Hamba, do Hospital de Shifra, que garante que "situação complicada" das meninas não pode ser tratada por médicos no território costeiro, atulamente bloqueado pelo Egito e por Israel. Abu Hamba espera que o casal de gémeas possa ser transferido para fora da separação.

  • Encontrado corpo de menina posta de castigo na rua pelo pai

    Mundo

    Sherin Mathews estava desaparecida desde o dia 7 de outubro. Este domingo a polícia do estado norte-americano do Texas encontrou o corpo de uma criança que acreditam ser a menina de três anos, desaparecida depois de o pai a colocar de castigo na rua, durante a madrugada.

    SIC