sicnot

Perfil

Daesh

Daesh

Daesh

Chefe da unidade antiterrorismo britânica alerta que alvo do Daesh é "modo de vida ocidental"

O chefe da unidade de combate ao terrorismo da polícia britânica alertou hoje para o risco de mais atentados "espetaculares" do Daesh , que está a treinar-se para atingir o "modo de vida ocidental".

Reuters/Arquivo

Reuters/Arquivo

© Stringer . / Reuters

O Comissário da Polícia Metropolitana de Londres, Mark Rowley, disse hoje que a polícia britânica realizou no ano passado um número recorde de detenções no âmbito da luta antiterrorista.

Mas advertiu que o grupo 'jihadista' islâmico alargou o âmbito dos seus ataques, passando de alvos militares e policiais para alvos civis, e apontou como exemplo os atentados de 13 de novembro, em Paris, em que homens armados abriram fogo em bares, uma sala de espetáculos e um estádio, matando 130 pessoas.

"Nos últimos meses, temos assistido a uma expansão dos alvos, com muito mais planos para atacar o modo de vida ocidental, o que já aconteceu, obviamente, nos atentados de Paris, em novembro", disse Rowley à imprensa.

"Confrontamo-nos com um grupo terrorista com grandes ambições para cometer ataques enormes e espetaculares, e não apenas aqueles que conseguimos impedir até agora", acrescentou.

A polícia revelou antes ter frustrado sete conspirações para cometer atentados entre finais de 2014 e inícios de 2016.

Em todo o Reino Unido, a polícia fez o número recorde de 339 detenções relacionadas com a prevenção do terrorismo em 2015, cerca de metade das quais resultaram em acusações concretas.

As detenções nos últimos três anos foram 57% mais elevadas que nos anteriores três anos.

Cerca de 77% das detenções efetuadas no ano passado foram de cidadãos britânicos, 14% mulheres e 13% de jovens com 20 anos e menos de 20 anos -- uma nova tendência que reflete a forma como os 'jihadistas' do Daesh cativam grupos vulneráveis através das redes sociais.

O Reino Unido só sofreu um incidente fatal de terrorismo internacional desde 7 de julho de 2005, data dos atentados no sistema de transportes públicos londrino, que fizeram 52 mortos.

Lusa

  • Primeiro-ministro holandês liga a Costa para explicar palavras de Dijsselbloem
    2:23

    País

    António Costa pediu que Djisselbloem desaparecesse da Presidência do Eurogrupo. Após esta tomada de posição, o primeiro-ministro holandês ligou para Costa na semana passada a dar explicações. Contudo, o primeiro-ministro português não recua e volta a dizer que Dijsselbloem não tem condições para continuar, na sequência das declarações sobre copos e mulheres. Os eurodeputados do Partido Popular Europeu reforçaram também esta terça-feira o pedido de demissão.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45

    País

    Há um surto de hepatite A em Portugal. Desde janeiro, 105 pessoas foram diagnosticadas na região de Lisboa e Vale do Tejo, um número superior aos casos contabilizados em todo o país nos últimos 40 anos. O surto terá começado na Holanda e está a atingir quase toda a Europa. A Direção-Geral de Saúde vai divulgar ainda esta terça-feira as normas de orientação clínica para que os médicos possam lidar da melhor maneira com este surto.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho

  • Incêndio num estádio em Xangai destrói parte da bancada

    Mundo

    O Estádio Hongkou da equipa chinesa Shanghai Shenhua foi atingido esta terça-feira por um incêndio que acabou por danificar parte da bancada e algumas salas no interior da infraestrutura. Para o local, foi enviada uma equipa de bombeiros que conseguiu controlar as chamas.